O maior site sertanejo do Brasil

Garotas são espancadas em casa sertaneja de Curitiba

0 61

Duas jovens foram espancadas por uma mulher na madrugada desta sexta-feira (28) dentro da Shed Western Bar, no bairro Batel, em Curitiba.


O alvo da confusão foi ‘um fora’ que as clientes teriam dado em rapazes, que seriam alunos de uma escola de luta. Uma suposta amiga dos rapazes, colega do esporte, resolveu intervir na situação, a pedido deles, e espancou as garotas. As duas estão internadas no Hospital Cajuru, passaram por exames e também corpo delito. As vítimas e amigos delas denunciam que os seguranças da Shed estariam diante das agressões e preferiram não intervir. A casa noturna rebateu e disse que ‘tomou todas as medidas cabíveis para amenizar a situação no momento do ocorrido’, conforme nota enviada à Banda B.
De acordo com o depoimento de uma das vítimas, as investidas aconteceram durante boa parte da madrugada. “Eles disseram que nós tínhamos (sic) bem características curitibanas porque não estávamos falando com eles. Por favor, meu amigo! Você é bonitinho e um babaca, dá licença porque eu não sou obrigada”, relatou uma das vítimas em postagem no Facebook. Uma delas é fisioterapeuta e a outra é universitária da PUCPR.
Segundo as garotas, nesse momento, elas acionaram um segurança da casa que, segundo elas, não teria dado importância. O amigo das garotas e representante comercial, que pediu para não ter o nome divulgado, conversou com a Banda B e disse que, durante o bate-boca, um deles chegou a esbravejar que “bater em mulher para eles não seria problema”.
Nesse momento, de acordo com o relato das vítimas, uma garota, que estava com o grupo, se aproximou delas com o intuito de ‘dar uma lição’ pelo fora que elas tinham dado nos garotos. “Os seguranças ficaram olhando até que minha amiga caiu no chão de tanto apanhar e eu sendo segurada por alguns”, finalizou a cliente da Shed, que disse ser frequentadora assídua do local.
O representante comercial afirma que houve negligência da segurança da casa. “O segurança ficou olhando e não fez nada. Uma delas praticamente apagou no chão, a outra sendo segurada e eles não fizeram nada”, denuncia.
Para finalizar, os amigos ainda afirmam que a casa omitiu socorro e não acionou o Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate). As meninas teriam sido socorridas pelos próprios amigos que chamaram um táxi.
Nota oficial
A Banda B entrou em contato com a assessoria de imprensa da Shed e recebeu o seguinte comunicado, na íntegra:
“A Shed Western Bar Curitiba vem por meio dessa nota oficial se posicionar perante o fato ocorrido na madrugada desta sexta-feira (29).
A briga aconteceu entre clientes mulheres e a equipe da casa noturna ainda não sabe exatamente o motivo da confusão. Salientamos que tomamos todas as medidas cabíveis para amenizar a situação no momento do ocorrido e estamos apurando as informações com todas as partes envolvidas.
A equipe da casa noturna repudia qualquer tipo de violência, verbal ou física, e não concorda com comportamentos abusivos. Sentimos muito pelo acontecimento. Estamos à disposição da cliente e dos demais envolvidos para esclarecimentos, assim como da justiça para contribuir com as investigações“.

Comentários
Loading...