Causa do acidente aéreo com Gabriel Diniz ainda é um mistério

0

A Polícia Federal de Sergipe ainda não conseguiu concluir as causas do acidente com a aeronave que matou o cantor Gabriel Diniz

Seis meses após o acidente que vitimou Gabriel Diniz e dois pilotos, no Povoado Porto do Mato, em Estância (SE), a Polícia Federal (PF) em Sergipe ainda não conseguiu concluir a apuração sobre o acidente com a aeronave.

O cantor e os pilotos estavam a caminho de Maceió (AL) na aeronave Piper Cherokee PT-KLO, com capacidade para quatro pessoas, que caiu em Sergipe, no dia 27 de maio.

Segundo informações da PF para o G1 SE, foi pedida uma nova prorrogação do prazo de finalização da investigação à Justiça Federal, pois o atraso na entrega de laudos adia a conclusão do inquérito. O prazo para a finalização passa para fevereiro de 2020.

Em nota, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) informou que a investigação terá o menor prazo possível e que tem o objetivo de prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram.

Há cinco meses, parte da fuselagem do avião foi devolvida ao proprietário, que ficou com o motor e o trem de pouso e vendeu o restante das peças de alumínio e ferro para um depósito de material reciclável em Aracaju.

Na mesma época, técnicos da Administração Estadual do Meio Ambiente de Sergipe (Adema) encontraram objetos e novos destroços da aeronave, como tablet, uma bateria, óculos, peças menores da aeronave e uma arma de fogo (que ainda não foi identificada a quem pertence).

Músicas Inéditas

Durante o bate papo, Cizinato Diniz falou como está seguindo a vida após a morte do cantor: “É difícil a gente não lembrar e não ficar triste. Mas a gente tem que entender que algumas coisas são feitas sem a nossa permissão”.

Ele ainda falou que não está envolvido nas investigações sobre o acidente que levou Gabriel Diniz a óbito: “Fiz questão de não participar em nada disso. Não faz sentido. As autoridades têm que saber o processo que têm fazer e penalizar quem têm que ser penalizado”.

Cizinato Diniz ainda revelou Gabriel Diniz deixou algumas músicas gravadas: “A gente ta fazendo a coletânia, para que, provavelmente , em outubro, no aniversário dele, a gente lance um EP. Também quero fazer um espaço para colocar as coisas dele e futuramente, com as pessoas corretas, a gente consiga abrir uma fundação, direcionada ao Gabriel”, contou.

Deixe uma resposta