fbpx

Ex-empresário escala “inimigos” para derrubar Jorge e Mateus

0

No final do ano passado começou uma verdadeira guerra na música sertaneja entre a dupla Jorge e Mateus e seu antigo escritório, a AudioMix

Não acabou de forma amigável a parceria de mais de 10 anos entre Jorge e Mateus e seu antigo escritório.

Marquinhos da AudioMix começou uma verdadeira batalha judicial está processando Jorge e Mateus, que tem um dos maiores cachês sertanejos do Brasil. O empresário, responsável por uma década de sucesso pede mais de R$ 31 milhões pelo rompimento de contrato no fim do ano.
No entanto, após 10 anos juntos, a dupla resolveu encerrar a parceria no final de dezembro com a Audiomix, escritório que administrava sua carreira.

Siga o Movimento Country no Instagram e acompanhe as principais notícias

Agora Marcos Araújo já corre atrás de sertanejos para substituir a dupla no evento. De acordo com o jornalista Leo Dias, do portal UOL, Marquinhos — como é conhecido — tentou negociar com “seu inimigo número 1”, o Work Show.

Contudo, a atitude de contratar Henrique e Juliano para o Villa Mix, segundo Dias, soou provocativa. Marquinhos, porém, garantiu não querer prejudicar Jorge e Mateus.

Eu não posso ficar de maquiavélico numa situação que na verdade não existiu. Contratar alguém pra atrapalhar Jorge e Mateus? Jamais! Estou sim em uma demanda comercial do Jorge e Mateus. Mas não pretendo nunca prejudicá-los em nada. Sou grato a respeito tudo que conquistamos juntos”, disse.

Jorge e Mateus sofrem com boicote de contratantes

Marquinhos da AudioMix começou uma verdadeira batalha judicial está processando Jorge e Mateus, que tem um dos maiores cachês sertanejos do Brasil. O empresário, responsável por uma década de sucesso pede mais de R$ 31 milhões pelo rompimento de contrato no fim do ano.

No entanto, após 10 anos juntos, a dupla resolveu encerrar a parceria no final de dezembro com a Audiomix, escritório que administrava sua carreira.

Na ocasião, a dupla sertaneja, que foi a mais executada da década no Spotify, não quis renovar o contrato. Os sertanejos alegaram que passariam a administrar a própria carreira. O processo não está em segredo de Justiça.

Deixe uma resposta