Ex-Mulher de Eduardo Costa pode ser presa

0 529
Tempo de leitura: 2 minutos

A ex do cantor sertanejo Eduardo Costa, Camila Pavanelly, acabou se envolvendo em uma briga com a servidora pública, Bianca Castro Figueiredo, em Manaus, no Amazonas.

A briga acabou virando caso de polícia, isso porque, Camila que é digital influencer, e conta com mais de 48 mil seguidores em sua rede social, durante a discussão que aconteceu em um posto de gasolina, acabou arrancando cerca de 70% da boca de Bianca Castro, que teve que passar por uma cirurgia de reconstrução dos lábios.

“As vítimas e um amigo estavam saindo de uma lanchonete, no mesmo centro comercial, indo para o carro, quando foram parados por um homem de nome Fernando, que estava com Samara. Ele foi tomar satisfação sobre por que estariam falando mal dela. Lembrando que nenhum deles se conheciam, nem agressores nem vítimas”, disse o advogado da vítima. Camilla, por sua vez, negou a confusão.

A ex-mulher do cantor Eduardo Costa deverá ser indiciada por agressão e pode responder à processo, além de poder perder a guarda da filha.

Briga com Leonardo
O fim do projeto Cabaré, no ano passado foi apenas um sinal que as coisas não vão bem entre Leonardo e Eduardo Costa. Tudo começou bem antes, com a exposição desnecessária e comentários polêmicos nas redes sociais postada por Costa.

Comentários machistas, homofóbicas e políticas começaram causar um certo desgaste na relação dos dois ex-amigos. Segundo pessoas próximas ao cantor Leonardo, a relação agora é estritamente profissional. Já que a Talismã é que gerencia a carreira de Eduardo Costa.

Além disso, uma pessoa à dupla Eduardo Costa teria aproveitando a fama e reconhecimento de Leonardo para abrir as postas e conseguir vantagens em negócios pessoais. O processo de estelionato envolvendo o cantor teria sido a gota da àgua para o fim da relação.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.