Esposa de Wesley Safadão dá golpe, fura fila da vacina e se desespera após ser investigada pela Justiça

A influenciadora Thyane Dantas se envolveu em uma grande polêmica e agora enfrenta a Justiça após furar a fila da vacinação em Fortaleza (CE)

Após Wesley Safadão ser investigado pela Justiça por aglomerar em uma live sertaneja, agora foi a vez da sua esposa, Thyane Dantas, se envolver em uma polêmica em meio à campanha de vacinação da cidade de Fortaleza, no Ceará, onde mora com o cantor e recentemente se envolveu em boatos de separação após uma suposta crise no casamento e briga em público.

+ Acompanhe as notícias da música sertaneja em nosso canal do YouTube

Segundo informações do G1, Thyane Dantas furou a fila da vacinação na manhã desta quinta-feira (09), isso porque seu nome não estava presente na lista de pessoas para o dia, mas no sistema da Secretaria Municipal de Saúde consta que ela foi vacinada no dia. Para piorar a situação, a influenciadora tem 30 anos e não poderia ter sido vacinada, já que a faixa etária na cidade está nos 32 anos.

Após a polêmica vir à tona, a Secretaria Municipal de Saúde instaurou um processo para averiguar a fraude na vacinação da esposa de Wesley Safadão e encaminhou para o órgão responsável. A assessoria da influenciadora se pronunciou e disse que Thyana tomou as “doses de sangria”, famosa xepa. No entanto, o sistema ainda não está em vigor em Fortaleza.

Apesar da declaração da assessoria, A Secretaria alegou ainda que as atividades de vacinação desta quinta se encerraram às 17 horas, ou seja, se tivesse xepa, seria depois do horário que terminasse para o grupo prioritário. Ao contrário disso, Thyane Dantas foi vacinada de manhã junto com Wesley Safadão.  O cantor estava regulamentado com o nome na lista e poderia ter tomado a sua dose da vacina.

Assuntos Relacionados 

Wesley Safadão também está sendo investigado por aglomeração

(Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

As aglomerações presentes em bastidores de lives sertanejas tem aumentado cada vez mais e isso acaba gerando revolta, considerando que a pandemia continua descontrolada no país. Dessa vez, Wesley Safadão que alcançou mais de 1 milhão e meio de visualizações em sua última transmissão com tema de festa junina com a participação de Juliette, fez com que o Ministério Público Estadual da Paraíba abrisse investigação para apurar descumprimento de protocolos sanitários em Campina Grande (PB).

O município que está em bandeira vermelha teve uma audiência judicial marcada para discutir as condições impostas para atrações que venham a se apresentar na cidade pelo modo remoto. A Promotora do caso, Adriana Amorim de Lacerda, que atua da defesa da saúde em Campina Grande, esteve presente na reunião recente por videoconferência, que se fez necessária após a atração de Safadão.

Juliette Freire não se pronunciou sobre o caso. Nas redes sociais, ela que já acumula mais de 30 milhões de seguidores, sempre faz questão de alertar para o uso de máscaras, álcool em gel e distanciamento mas, não escapou das críticas por ter feito parte do evento que ainda contou com Israel e Rodolffo, Alceu Valença e Tirulipa.

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais