Turnê de Chitãozinho e Xororó nos EUA é marcada por ingressos esgotados, gravação de audiovisual e participações especiais

0

Turnê internacional de Chitãozinho e Xororó passou por quatro cidades contou com participações de Sandy, Luan Santana e uma surpreendente aparição de Junior Lima

Comemorando 50 anos de carreira, a dupla Chitãozinho e Xororó realizou quatro apresentações nos Estados Unidos para celebrar a data ao lado de fãs estrangeiros e brasileiros no país.

A turnê foi marcada por conquistas importantes: com ingressos esgotados, a presença de toda a família e amigos, a dupla se apresentou em uma das casas mais importantes do mundo, a Radio City Music Hall, em Nova York, onde aproveitou para gravar o seu próximo projeto audiovisual, que registra o cinquentenário com as participações de Sandy, Luan Santana e Junior Lima, que cedeu ao apelo dos fãs e subiu aos palcos. Somando as apresentações nos Estados Unidos, mais de quatorze mil pessoas cantaram em coro nas plateias.

Fazemos tudo com muito carinho, mas esgotar os ingressos em quase todos os shows nos Estados Unidos, foi um momento único. É muito especial trabalhar meses em um projeto e ver a aceitação do público, a animação de todos, sentir a emoção de cada um ali com a gente”, se emocionou Chitãozinho.

Em Nova York a cantora Sandy participou cantando “Meu Disfarce” e “Manhã de Sol” e Luan Santana dando voz a “Falando às Paredes” e “Hábito”. O músico Lucas Lima abrilhantou a noite como maestro da orquestra que acompanhou Chitãozinho e Xororó neste espetáculo. Junior Lima, em uma surpresa que emocionou a todos nas músicas “Aqui o Sistema é Bruto” e “Nascemos só pra Cantar”.

Como o “artista vai aonde o povo está”, com ingressos esgotados em Nova York, Fort Lauderdale e Boston, a emoção tomou conta do palco e da plateia. Em Orlando, cidade com grande concentração de conterrâneos, a energia também foi contagiante. Em toda a turnê a dupla se apresentou para estrangeiros e brasileiros que cantaram em coro os clássicos da música sertaneja que marcaram a carreira de Chitãozinho e Xororó.

É uma alegria grande termos a oportunidade de levar o nosso trabalho para fora do Brasil, onde temos fãs que foram nos assistir para matar as saudades da nossa terra, para recordar momentos especiais que as nossas músicas marcaram… São 50 anos de história e poder celebrar de uma forma tão especial, com turnê no nossos país e fora dele, faz o nosso trabalho valer ainda mais a pena, faz com que a gente atinja o objetivo de estar perto das pessoas”, afirma Xororó.

O show “50 anos” faz uma verdadeira viagem no tempo, apresentando trechos de vídeos e clipes antigos, uma cronologia que mostra a estrada percorrida pelos irmãos na música. Em breve, mais datas e locais serão divulgados, além dos demais trabalhos que irão complementar as comemorações. Na turnê dos Estados Unidos a transportadora oficial é a United Airlines.

Veja uma galeria com os principais momentos da turnê:

Leia também:

Sobre Chitãozinho e Xororó

Reis da música sertaneja, os irmãos atingiram a marca de 40 milhões de discos vendidos, 37 álbuns inéditos, dez DVDs, cinco prêmios Grammy, centenas de discos de ouro, platina e diamante, programas de televisão e uma homenagem da X-9 Paulistana que contou sua história.

A dupla gravou o primeiro disco, “Galopeira”, em 1970, mas o sucesso veio oito anos depois com “60 Dias Apaixonados”, que deu o primeiro disco de ouro. O reconhecimento do grande público veio em 1982 com a música “Fio de Cabelo”, que vendeu mais de 1,5 milhão de cópias. Ao longo da carreira, criaram clássicos como “Se Deus Me Ouvisse”, “Fogão de Lenha”, “No Rancho Fundo”, “Brincar de Ser Feliz”, “Página de Amigos” e “Alô”, entre outros.

Em 2022, os artistas iniciam as comemorações dos 50 anos de carreira, com uma turnê inédita e mundial, além de uma série de projetos que incluem livros, gibi e um quadro especial.