Veja fotos da Fazenda Talismã, do cantor Leonardo, avaliada em R$ 60 milhões

85.552

A fazenda milionária do cantor sertanejo Leonardo esbanja luxos e leva o nome de um dos seus maiores sucessos, “Talismã“. Veja fotos da propriedade luxuosa

Leonardo viveu uma infância humilde no campo e, após muito batalhar, o jovem que trabalhava em uma colheita de tomates ao lado do irmão Leandro se tornou um dos cantores sertanejos mais conhecidos do Brasil. Dono de projetos como o “Cabaré“, o cantor sertanejo é um dos mais influentes do gênero e sempre aparece entre os cachês mais caros do Brasil.

Com a chegada do sucesso e do dinheiro, Leonardo comprou o que hoje é a sua maior propriedade: a fazenda Talismã, está há mais de 20 anos com o cantor e foi nomeada em homenagem ao falecido irmão.

Localizada no município de Jussara, em Goiás, a fazenda é uma das propriedades mais buscadas na internet e possui cerca de 1.000 hectares de terra, onde a principal atividade é a criação de cabeças de gado de raça nobre, o que é muito valorizado na região e rende bons lucros em leilões organizados por produtores rurais.

Além de ser um lugar de trabalho, a propriedade também é uma moradia luxuosa e conta com espaço confortável e grande o suficiente para abrigar a família inteira de Leonardo, que é constituída por 6 filhos, sendo um de cada mãe. Segundo portais especializados, a Fazenda Talismã é avaliada em mais de R$ 60 milhões!

A propriedade é equipada com:

  • Quadra de vôlei
  • Lago
  • Piscina ampla
  • Área para criação de gado
  • Sala de jogos
  • Espaço para churrasqueira e muito mais.

História de Leandro e Leonardo vai virar filme

(Foto: Reprodução/Internet)
(Foto: Reprodução/Internet)

Leandro e Leonardo, que conquistaram o país na década de 90, estão prestes a ter sua história como dupla sertaneja contada nos cinemas. Acontece que o longa “Não Aprendi Dizer Adeus” estava previsto para estrear no fim de 2020, mas teve suas gravações adiadas por conta da pandemia do novo coronavírus.

Dirigido por Benedito Ruy Barbosa, o filme tinha Bruno Gagliasso como protagonista, interpretando Leandro, mas agora a realidade já é incerta, visto que o ator se mudou para a Europa. Aliás, a história dos artistas também poderá se tornar uma série original Globoplay, como já havia sido noticiado pelo Movimento Country.

Recentemente, Enio Silvério e Reinaldo Barriga, que comandam o podcast EnterHits, em parceria com o Movimento Coutry, repercutiram sobre o lançamento do longa, que vem adiado cada vez mais por conta dos impedimentos relacionados ao distanciamento social.

No bate-papo, os especialistas em música sertaneja relembraram seus respectivos momentos ao lado do irmão de Leonardo, já que estiveram presentes em grandes momentos de sua carreira. O tio de Zé Felipe sofria de um tipo de câncer de pulmão raríssimo, conhecido por tumor de Askin, localizado no seu pulmão direito, e faleceu em junho de 1998, aos 36 anos.

“Um pouquinho antes [da morte de Leandro], eu tinha acabado de gravar acho que o 11° disco deles. E eu já notava ele com uma pele esquisita, uma cor, magro, já magro. Mas sem perder aquele ar, porque ele era uma pessoa bonita, o Leandro né, olhos verdes. E ele se vestia sempre muito bem, sempre de terno, e eu vi ele muito debilitado nos últimos dias das gravações“, relembrou Reinaldo Barriga.

Recentemente, ser questionado sobre detalhes do projeto, Leonardo deu detalhes sobre o principal objetivo de “Não Aprendi Dizer Adeus”. “Mostrar essa história da dupla Leandro e Leonardo pelo mundo afora e ficar gravado isso aí, em vídeo pro Brasil inteiro e todo mundo curtir”, contou.