Eduardo Costa abre o jogo sobre polêmica com Thaeme e desabafa: “Me ligou chorando”

Eduardo Costa relembrou episódio polêmico que envolveu a filha da cantora Thaeme e que marcou o fim de sua parceria com Leonardo no Cabaré

O fim da parceria do cantor sertanejo Eduardo Costa com Leonardo do projeto Cabaré aconteceu no ano passado. Em uma live sertaneja dos artistas que até então eram amigos, uma das polêmicas marcantes foi quando a filha da cantora Thaeme foi citada em uma fala de Eduardo Costa com cunho sexual e que gerou revolta do público.

Em uma entrevista recente, o cantor, que foi detonado na época por dizer na live “Cabaré” que “chegando em casa, pensaria na filha de Thaeme ao se deitar com sua mulher”, se justificou alegando que a expressão inusitada é um ditado popular de seu estado de origem, Minas Gerais.

Assuntos Relacionados

“É uma coisa comum no nosso Estado. É um ditado muito popular no nosso Estado. (…) Eu vou pensar na sua filha pra ter uma filha tão bonita quanto essa. A gente fala isso”, revelou. Sobre a reação de Thaeme diante da declaração que gerou consequências para a carreira de Eduardo e pode ter sido o estopim para sua saída do escritório Talismã, Eduardo Costa contou:

“Ela me ligou triste, ela me ligou chorando. E o marido dela é meu amigo, ele me contrata pra show, cê imagina o jeito que ele tava. (…) Ele falou ‘Eduardo a gente não sabe o que fazer, o que a gente pode fazer pra te ajudar'”. Ao se defender do episódio, ele ainda revelou o motivo das críticas advindas de sua fala declarando: “Tudo por causa de política”, em tom de desaprovação.

Sobre pautas engajadas, o sertanejo parece não se habituar muito à questões políticas embora tenha lançado a música “Cuidado” como um manifesto contra injustiças sociais. No entanto, recentemente o cantor foi acusado de relativizar o racismo em um post do jornalista Leo Dias que compartilhou uma declaração de Taís Araújo nas redes sobre representatividade negra. Na ocasião, o sertanejo comentou: “Independente da cor”, deslegitimando a causa.

Affair de Eduardo Costa perde guarda dos filhos após denúncias

(Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

Mais um desdobramento do caso extraconjugal entre Eduardo Costa e sua suposta amante, Mariana Polastreli, veio à tona. Agora, após ser investigada pelo conselho tutelar em meio à acusações de abandono do seu ex marido Eduardo Polastreli, a influenciadora perdeu a guarda de dois dos seus filhos devido às polêmicas que se envolveu.

Após brigas e ofensas na internet, a influenciadora e o ex marido resolveram acertar o divórcio amigavelmente em respeito aos filhos: “Selamos a paz por enquanto, agora cada um segue seu rumo. Nosso vínculo será nosso filhos. No mais, desejo sucesso, saúde e paz para ela nessa nova caminhada. Dinheiro nenhum e fama me tira deles (dos três filhos). Hoje, são minha prioridade máxima”, disparou Eduardo Polastreli.

Além do processo de divórcio, a Justiça determinou ainda com quem ficará a guarda das crianças, já que são todos menores de idade. Eduardo Polastreli fica com a guarda dos dois filhos mais velhos e Mariana toma posse do mais novo, que tem cerca de 8 meses apenas. Nessa semana, as crianças irão fazer uma visita à mãe e depois disso as duas voltam para ficar com o pai, enquanto a mais nova já fica com a mãe.

Apesar das polêmicas, Eduardo Polastreli revelou ainda que a visitação dos filhos será livre para ambos: “A audiência foi rápida, foi um acordo na presença do Juiz. A visitação dos filhos será livre, deu tudo certo!”, revelou ele em suas redes sociais. Apesar de Eduardo Costa ter negado o affair com a influenciadora, ambos continuam trocando carícias nas redes sociais e o público não perdoa um passo sequer de nenhum.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais