Eduardo Costa pode ser condenado em processo que envolve Fernanda Lima

Eduardo Costa pode ser condenado no processo que envolve Fernanda Lima
0 417

Ministério Publico sugere que Eduardo Costa cumpra 50 horas de serviço comunitário pelo processo judicial movido pela apresentadora Fernanda Lima

Após a polêmica envolvendo o sertanejo Eduardo Costa e Fernanda Lima, apresentadora do ‘Amor & Sexo’, o Ministério Público sugeriu que o cantor prestasse 50 horas de serviço comunitário pelo processo judicial. As informações são do ‘Fofocalizando’.

Tudo começou depois que Costa criticou um discurso de Fernanda em seu programa na emissora dos Marinho. Nas redes sociais, ele a chamou de “imbecil”, e disse ainda que a atriz só fazia programa para “bandido, maconheiro, esquerdista e derrotado”.

No discurso da loira, ela citou a liberdade de expressão e a diversidade. “Vamos sabotar a engrenagem desse sistema de opressão. Vamos sabotar a engrenagem desse sistema homofóbico, racista, patriarcal, machista e misógino”, citou Lima no editorial.

Em dezembro do ano passado, a mulher de Rodrigo Hilbert decidiu processar Eduardo por calúnia, injúria e difamação. Depois da confusão, o cantor chegou a pedir desculpas para Fernanda em programas como o ‘Conversa com Bial’, no qual foi convidado.

Agenda de Eduardo Costa enfrenta crise

Eduardo Costa sofre com boicote de contratantes
Eduardo Costa sofre com boicote de contratantes

Eduardo Costa nunca se incomodou em usar suas redes sociais para se envolver em polêmicas machistas e homofóbicas. Recentemente o cantor foi acusado de mandar um segurança agredir um homem que estava assistindo seu show nos estados Unidos.

Além disso, declarações machistas envolvendo sua namorada Victoria Villarim ultrapassaram todos os limites quando o sertanejo foi acusado de vazar fotos íntimas da namorada.

Agora o sertanejo está colhendo o que plantou. Sua agenda que estava com a média de 22 shows por mês, incluindo apresentações do projeto Cabaré, estão reduzidos há apenas cinco shows. No site oficial do cantor só aparece uma data confirmada para o mês de abril

A relação entre Eduardo Costa e Leonardo também ficou fortemente abalda após as polêmicas. O fim do projeto Cabaré, no ano passado foi apenas um sinal que as coisas não vão bem entre Leonardo e Eduardo Costa. Tudo começou bem antes, com a exposição desnecessária e comentários polêmicos nas redes sociais postada por Costa.

As polêmicas envolvendo Costa, começaram a  causar um certo desgaste na relação dos dois ex-amigos. Segundo pessoas próximas ao cantor Leonardo, a relação agora é estritamente profissional. Já que a Talismã é que gerencia a carreira de Eduardo Costa.

Além disso, uma pessoa à dupla Eduardo Costa teria aproveitando a fama e reconhecimento de Leonardo para abrir as postas e conseguir vantagens em negócios pessoais. O processo de estelionato envolvendo o cantor teria sido a gota da àgua para o fim da relação.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.