Concorrente do “Cabaré”? Após briga com Leonardo, Eduardo Costa anuncia lançamento de cachaça

A ‘Cachaça Eduardo Costa‘ promete brigar entre as maiores bebidas do país, incluindo a ‘Cachaça Cabaré‘, marca que de Leonardo

Embora venha sendo boicotado por contratantes e alguns fãs devido às suas polêmicas, Eduardo Costa conseguiu se reinventar e hoje lucra alto com seus negócios paralelos à música sertaneja, embora ainda faça muito sucesso junto do público nas plataformas digitais. Agora o sertanejo se prepara para lançar mais um investimento milionário: a ‘Cachaça Eduardo Costa‘, que muita gente já acredita ser a concorrente da ‘Cachaça Cabaré‘.

O anúncio da ‘Cachaça Haras Eduardo Costa’ veio quase que paralelamente a uma marca de cigarros palheiros que também leva o seu nome. As promoções começaram a ser feitas há cerca de 3 semanas e até então muitos mistérios rondam o lançamento da bebida do cantor sertanejo.

Em suas redes sociais, Eduardo Costa e Mariana Polastreli já definem o produto como “a melhor cachaça do Brasil” e já instigam fãs para o seu lançamento oficial, que ainda não tem data definida. O cantor sertanejo procura revendedores para levar o produto a todo o Brasil e em breve deve dar mais detalhes do produto para os fãs.

Com o anúncio, boa parte do público acreditam que a cachaça Eduardo Costa irá ser a grande concorrente da Cachaça Cabaré, que era parte de uma sociedade do cantor sertanejo com Leonardo enquanto ainda faziam parte do projeto de mesmo nome. Com o rompimento, o pai de Zé Felipe assumiu sozinho a divulgação, mas não se sabe o rumo que levou o negócio, já que a Cachaça Cabaré era uma parceria dos dois com o engenho Dom Tápparo.

Hoje, a Cachaça Cabaré é uma das mais famosas e respeitadas do Brasil. Com opções para todos os tipos de público, os valores variam entre o popular e o gourmet, e ainda não se sabe se Eduardo Costa vai lançar o seu produto com o mesmo leque de opções. Será que vem aí um novo embate entre os dois astros sertanejos?

Leia Também:

Eduardo Costa fatura alto fora da música sertaneja

(Foto: Reprodução/Instagram Oficial)
(Foto: Reprodução/Instagram Oficial)

Como consequência das suas polêmicas, Eduardo Costa chegou a ser boicotado por contratantes e muitos fãs da música sertaneja, que deixaram de ir aos seus shows e de ouvir seus projetos. Apesar de tudo, o cantor se reergueu e hoje tenta escapar das polêmicas enquanto curte o namoro com Mariana Polastreli, e encontrou uma forma de lucrar ainda mais do que na música: com seus investimentos, que o Movimento Country foi a fundo e descobriu quais são.

Dono de empresas milionárias, Eduardo Costa se reinventou e passou a investir cada vez mais em empresas próprias nos últimos anos. Um dos seus principais negócios é o ‘Haras Eduardo Costa‘, onde ele cria, vende e leiloa cavalos de luxo que rendem lucros inacreditáveis para sua fortuna. O Haras é responsável por vários eventos beneficentes que o sertanejo realiza todos os anos.

Muita gente não sabe, mas além do Haras, Eduardo Costa tem uma marca de roupas e bonés, que ele vende nos shows, em lojas online e autorizadas. Os modelos são vários para os fãs e vão desde roupas para o dia a dia até os modelos idênticos aos que ele usa nos seus shows.

Além disso, o cantor sertanejo está prestes a lançar uma marca de cigarros palheiro próprio, o que vai aumentar ainda mais essa margem de lucro fora da música. No ramo musical, com a saída da Talismã, Eduardo Costa montou o seu próprio escritório de gerenciamento de carreiras, o ‘Ecxpetáculo’, que cuida de toda a sua carreira e de novos artistas, como Edy Britto e Samuel, amigos do cantor sertanejo também fora dos palcos.

Falando em palcos, Eduardo Costa está lucrando muito com o valor dos seus cachês, que vai de vento em popa. Embora não tenha turnê com Ralf do projeto “Mitos“, o sertanejo oferece duas opções para os contratantes: show completo com todos os integrantes de sua banda e show acústico, mais voltado ao voz e violão.