Eduardo Costa diz que se arrepende em ter apoiado Bolsonaro “Fui um idiota”

0

Eduardo Costa resolveu se manifestar publicamente sobre sua posição política e afirmou que arrepender de apoiar publicamente o presidente Jair Bolsonaro

O cantor Eduardo Costa que recentemente teve a parceria com Leonardo encerrada, resolveu se manifestar sobre a soa postura radical sobre a política e declarou que se sente um idiota pelos comportamentos nas redes sociais.

+ Acompanhe as últimas notícias do Movimento Country no Instagram

Em entrevista ao portal F5, o artista afirma que se arrependeu e que em alguns momentos perdeu o equilíbrio “Fui um desequilibrado naquele momento. Tem muita coisa que a política da esquerda faz que é maravilhosa para o desenvolvimento do país, e tem muita coisa que a direita faz que também é maravilhosa para o desenvolvimento do país.

O posicionamento radical do cantor nas redes sociais acabou lhe causando diversos danos na carreira. Além de confirmado durante uma live sertaneja que aconteceu em maio que havia perdido vários contratos por causa do seu comportamento, o sertanejo também perdeu seu maior parceiro de palco, Leonardo.

Eduardo Costa que tem sua carreira marcada por polêmicas, teve recentemente seu nome envolvido em mais uma. Esta semana o sertanejo passou a se intitular como “Rei do Sertanejo”. Ele resolveu usar o tal título, depois que os fãs de Leonardo começaram a chamar o cantor que se apresentou em duas lives este fim de semana como o “Rei das Lives”.

Nas redes sociais, alguns seguidores apoiaram o título do artista e se manifestaram

“Monstro da música irmão! Se alguns se intitulam embaixador, tu é rei dos reis! Outro patamar! Pra cima”, escreveu um fã.

Fim da parceria com Leonardo

(Foto: Reprodução Instagram)
(Foto: Reprodução Instagram)

Não é de hoje que a relação entre o cantor Leonardo e Eduardo Costa estava estremecida. Tudo começou em 2018 por causa de desentendimentos envolvendo Costa com profissionais ligados à produção do show “Cabaré” e também em função das diversas polêmicas que estava se envolvendo.

Em 2019, o Movimento Country adiantou com exclusividade, que a relação entre os ex amigos estaria estremecida, a informação foi negada pela assessoria de imprensa na ocasião (é claro), mas finalmente a verdade veio à tona.

Leonardo estaria incomodado com comentários machistas, homofóbicos e seu posicionamento político nas redes sociais. Isso começou a causar um certo desgaste na relação entre os dois artistas.

Siga o Movimento Country: Google News | Instagram | Twitter | YouTube | Facebook

Além disso, de acordo com pessoas próximas à dupla, Eduardo Costa teria aproveitando a fama e reconhecimento de Leonardo para abrir as portas e conseguir vantagens em negócios pessoais.

No início do mês, a Talismã, escritório comandado por Leonardo confirmou a rescisão do contrato com o cantor mineiro.

 

Deixe uma resposta