Eduardo Costa é desmascarado após viver romance extraconjugal e destruir família

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

O cantor sertanejo Eduardo Costa foi acusado de destruir uma família após se tornar amante de uma mulher casada e mãe de três filhos

Eduardo Costa gerou revolta em seus fãs após se envolver em mais uma polêmica com uma influenciadora casada, causando a destruição de uma família. Dessa vez, o cantor sertanejo, que escandalizou a cantora Thaeme e disse que transava pensando em sua filha, uma bebê de apenas 1 ano de idade, virou amante de uma mulher e levou seu casamento à ruína.

O caso chocou até seus fãs mais fieis. Eduardo Costa, que passa por uma dura crise financeiratem dívidas milionárias com Gusttavo Lima, virou amante de uma mulher casada e mãe de três filhos e foi desmascarado pelo ex marido da influenciadora, que acusou a dupla de humilhá-lo em público e tratou de pedir o divórcio.

Na ocasião, o engenheiro Eduardo Polastreli revelou que a influenciadora Mariana Polastreli saiu de casa e abandonou seus filhos para viver junto aos luxos de Eduardo Costa. O cantor sertanejo, por sua vez, alegou que eles estão apenas se conhecendo melhor e o casamento da sua nova affair já estava arruinado há meses. Eduardo não foi perdoado nem pelos fãs, que detonaram nas redes sociais.

Assuntos Relacionados

Essa não é a primeira nem última vez que Eduardo Costa se envolve em polêmicas com suas affairs. O sertanejo já teve outras relações conturbadas e foi acusado de vazar as fotos íntimas da sua ex Victória Villarim e chantagear a modelo Lola Melnink, que participou de alguns programas do SBT como “Se Ela Dança, Eu Danço”.

Acostumado a ostentar ao lado de mulheres bonitas como Hellen Ganzarolli e de carrões caríssimos, o sertanejo também teve o seu nome envolvido em caso de estelionato e mais recentemente foi ameaçado por causa da sua música “Cuidado”, que critica o governo. Para tentar conter as ameaças, ele estaria planejando vender uma de suas fazendas para sair do Brasil.

Veja as fotos do local:

Eduardo Costa arruinou a parceria com Leonardo no “Cabaré”

(Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

As polêmicas protagonizadas por Eduardo Costa a partir do “Cabaré 2” foram as principais responsáveis por desgastar a amizade com Leonardo. As acusações de estelionato e apoio público a Bolsonaro foram apenas das algumas confusões que Eduardo Costa se envolveu e fizeram Leonardo começar a querer se desvencilhar do até então amigo.

Com a chegada da pandemia e há tempos sem levar o “Cabaré” adiante, Leonardo e Eduardo Costa resolveram se unir – por questões contratuais – e realizaram uma live sertaneja do projeto. A live da dupla foi uma das mais esperadas de 2020 e bateu recorde de audiência, mas o resultado foi desastroso para a carreira de ambos. Excesso de bebidas, machismo e declarações polêmicas fizeram a dupla ser massacrada pela internet e desencadeou em uma rachadura na amizade que nunca mais se consertou.

Logo após a live polêmica, os boatos da briga entre Leonardo e Eduardo Costa começaram a surgir na internet. Na época, uma fonte relatou ao Movimento Country que uma discussão entre os sertanejos quase acabou em agressão, mas nenhum dos dois confirma a briga até hoje. Segundo uma declaração de Leonardo no último ano, as únicas discussões deles eram por causa de música, desculpa que boa parte dos fãs e especialista não comprou.

Abaixada a poeira da briga, Leonardo se apropriou do projeto de Eduardo Costa e passou a realizar outras lives sertanejas sem o idealizador. Nestas, Marília Mendonça, Bruno e Marrone, Jorge e Mateus e Gusttavo Lima assumiram o posto de dupla do pai de Zé Felipe, este último que foi acusado de perder o respeito por Leonardo em uma das transmissões.

Assista uma das principais faixas do primeiro DVD “Cabaré”:

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais