Sofrendo com bens penhorados, Eduardo Costa luta para se livrar de dívida milionária

Após polêmicas e briga com Leonardo, Eduardo Costa sofre com mansão milionária penhorada pela Justiça e é acusado de calote por antigos donos

Tentando reerguer sua carreira após o rompimento com Leonardo e as polêmicas que o levaram até a engatar um namoro com uma influenciadora casada, o cantor sertanejo Eduardo Costa tem vivido uma crise financeira devido à falta de shows e optou por vender uma de suas mansões milionárias, mas foi impedido pela Justiça por causa de uma dívida milionária que o levaram até a enfrentar um processo judicial.

Segundo informações divulgadas pela jornalista Fabíola Reipert recentemente, Eduardo Costa estaria tentando vender uma de suas mansões, localizada em Belo Horizonte, pelo valor de R$ 12 milhões. O que ele não contava era que o imóvel fosse bloqueado pelos antigos donos da propriedade, que abriram um processo contra o sertanejo o acusando de querer dar calote na compra.

Assuntos Relacionados

Na ocasião, Eduardo Costa teria comprado a mansão por um valor em dinheiro que não seria suficiente para quitá-la aos antigos donos, então o sertanejo deu mais uma Ferrari, uma lancha, um jetski e uma outra casa para completar o dinheiro da compra. No entanto, os donos ficaram chocados ao descobrirem que os bens que Costa deu para o pagamento não estavam no seu nome e aí a polêmica foi feita.

Revoltados, os donos procuraram na Justiça e abriram um processo contra Eduardo Costa, pediram a penhora dos bens do cantor e ainda bloquearam a venda da mansão: “A casa que ele deu foi construída em uma área irregular e os veículos não eram dele. Nada era dele. O imóvel está bloqueado, quem quiser comprar deverá pagar o dobro do valor”, explicou Fabíola na ocasião.

O processo segue em segredo na Justiça e não há mais informações sobre o desfecho, mas Eduardo Costa luta para tentar se livrar da dívida milionária com os antigos donos. O que o sertanejo também está tentando é retomar sua carreira de sucesso, que está desacreditada por muitos devido às suas polêmicas recentes. Saiba mais detalhes abaixo.

Eduardo Costa sofre para retomar carreira após polêmicas

(Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

Depois da briga com Leonardo, o cantor sertanejo Eduardo Costa perdeu o contrato com a Talismã e com sua antiga gravadora Sony Music. Além disso o sertanejo teve vários patrocínios cancelados, o que inviabilizou a realização de novas lives sertanejas!

Sem crédito no mercado e tentando emplacar mais um namoro polêmico, o cantor que revelou que é viciado em sexo está desesperado e buscando apoio em blogueiros de Goiânia, que topam gravar entrevistas com o músico. Em troca disso, surgem algumas declarações polêmicas mas ninguém além dos próprios influencers têm ganhado visibilidade com isso.

Com a retomada da agenda de shows sertanejos e fora do Cabaré, o cantor Eduardo Costa está sofrendo para vender shows em 2022 para feiras e prefeituras após o desgaste da sua imagem e declarações que ele estaria disposto a brigar pelo nome “Cabaré”, sua ideia original que foi registrada no Inpi (Instituto Nacional de Marcas e Patentes), pela Talismã Music!

Como essa briga com Leonardo e o seu apoio incondicional ao presidente Jair Bolsonaro, embora tenha escrito a música ‘Cuidado’, que ele chamou de manifesto por cobranças de atitudes de políticos brasileiros, o cantor mineiro não vê perspectiva nenhuma de uma nova turnê para o próximo ano, conforme ele disse em algumas entrevistas. A principal questão seria um retorno seguro devido à pandemia, o que parece pouco provável até o momento.