Após briga com Gusttavo Lima, Eduardo Costa é abandonado por sertanejos e sofre com crise financeira

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Após expor briga com Gusttavo Lima e acusar o cantor de roubo, Eduardo Costa amarga na solidão da música sertaneja e crise financeira é exposta

Eduardo Costa movimentou a internet na última semana após detonar amizade de Gusttavo Lima e acusar o sertanejo de roubar sua banda. O Embaixador, por sua vez, fez um desabafo após ser acusado pelo cantor polêmico, que tem passado por uma grande crise financeira.

Confira as notícias do Movimento Country no YouTube

Em entrevista no final do ano passado, Eduardo Costa abriu o jogo sobre a crise financeira que se instaurou por causa da pandemia de Covid-19 e o cancelamento dos shows. O sertanejo desabafou e ressaltou que, caso não voltem a normalidade logo, vai quebrar e teme que isso aconteça:

“Consegui manter a minha equipe. Mas se eu tiver que segurar mais um pouco, já não consigo mais. Porque todos os negócios estão em queda livre. Não é só a música, todos os meus negócios estão passando por enormes dificuldades. Uma hora essa corda vai arrebentar”.

Além de estar sofrendo com a crise, Eduardo Costa foi abandonado pelos sertanejos desde sua briga com Leonardo, que quase acabou em agressão. O cantor perdeu contratos e se isolou da música por um tempo para tentar limpar sua imagem após polêmicas e, nesse meio tempo, preparou o álbum “40tena”, lançado recentemente.

Leia também

Sertanejo tem bens penhorados após calote

(Foto: Internet)
(Foto: Internet)

Eduardo Costa, que tenta vender sua mansão em Belo Horizonte por R$ 12 milhões, teve seus bens penhorados após os antigos donos abrirem um processo judicial contra o sertanejo, o acusando de querer dar calote na compra.

Na ocasião, de acordo com a jornalista Fabíola Reipert, o cantor sertanejo comprou o imóvel por um valor em dinheiro e, para chegar ao valor necessário, abriu mão de uma casa, uma ferrari, uma lancha e um jetski.

Ouça os principais lançamentos sertanejos no Spotify

No entanto, os donos foram surpreendidos ao descobrirem que os bens não estavam no nome do sertanejo e, revoltados, abriram um processo contra Eduardo Costa e penhoraram os bens do cantor, além de bloquear a mansão para a venda:

“A casa que ele deu foi construída em uma área irregular e os veículos não eram dele. Nada era dele. O imóvel está bloqueado, quem quiser comprar deverá pagar o dobro do valor”, explicou Fabíola. O processo segue em segredo na Justiça e não há mais informações sobre o desfecho.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy