Relembre 7 duplas sertanejas que se separaram em meio a brigas e polêmicas

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Confira com o Movimento Country as 7 duplas sertanejas que se separaram por brigas e polêmicas ocorridas ao longo da parceria

Muitas duplas sertanejas já passaram por relações turbulentas que abalaram a parceria e tiveram que se separar em decorrência de brigas e polêmicas. E existem as parcerias que se perduram por anos e que seguem com projetos solos em paralelo, como Zezé Di Camargo e Luciano que estão se dedicando aos seus trabalhos individuais dentro da música. 

Por diversas razões levaram os artistas a triste separação que para alguns, podem ser motivo para seguir com um projeto maior e mais desafiador da carreira solo. Duplas sertanejas que são formadas por membros da mesma família, irmãos, primos, amigos de infância e que juntos buscam o mesmo objetivo: levar a música sertaneja aos ouvidos de quem a escuta.

E com a vinda do sucesso, muitas duplas sertanejas não estão preparadas com o mundo da fama. Em consequência disso, podem não conseguir gerenciar a carreira na música sertaneja ou até mesmo vir à tona polêmicas que possam prejudicar a imagem pública do artista, que outrora tinha uma vida particular e mais privada.

Com esse efeito, o Movimento Country fez um levantamento e trouxe uma lista de sete duplas sertanejas que passaram por diversos obstáculos e crises que os levaram à separação da parceria dentro da música sertaneja.

Confira com o Movimento Country a lista:

Victor e Leo

A dupla sertaneja que conquistou o país com a música “Fada”, Victor e Leo vieram a se separar após Victor ser condenado na Justiça. Em 2018, o sertanejo foi acusado de agressão pela esposa, Poliana Baganiti. E recentemente, os irmãos surpreenderam os fãs ao anunciar o retorno da dupla com a turnê “Fadas” em 2023, porém Leo Chaves assinou contrato com um novo empresário o que provavelmente deu fim ao retorno dos dois juntos aos palcos.

Rick e Renner

A dupla Rick e Renner havia se separado em 2015, em decorrência do relacionamento turbulento dos artistas. Na época, Renner se envolveu em um acidente de carro porque estava embriagado o que incentivou a separação. No entanto, em 2018, a dupla anunciou o retorno com um projeto e de uma turnê que passou pelo Brasil e pelo exterior.

Bruno e Marrone

A consagrada dupla sertaneja, Bruno e Marrone cultivam um relação conturbada. Em 2011, ao serem convidados a participar do Domingão do Faustão, os sertanejos anunciaram uma breve separação, o que levou Marrone a usar o tempo para um tratamento psicológico. Recentemente, após a realização de uma transmissão ao vivo que gerou diversas polêmicas, os boatos da separação da dupla é constante.

Chrystian e Ralf

A dupla sertaneja que gerou polêmica nas últimas semanas por criticar o sertanejo universitário e que revoltou os artistas desse estilo, Chrystian e Ralf já se separaram em 2000, porém, com saudade dos palcos, a dupla retomou a parceria em 2001 com o lançamento do álbum “De Volta”.

Edson e Hudson

Ao defenderem Zé Neto durante live sertaneja, Edson e Hudson passaram por problemas na parceria musical. Em 2009, os sertanejos que cresceram em um ambiente circense, realizaram uma turnê de despedida para os fãs e cada um seguiu carreira solo no meio da música. No entanto, dois anos depois, a dupla retornou aos palcos mesmo com alguns afastamentos de Hudson em decorrência do vício em drogas.

Gian e Giovani

A dupla sertaneja Gian e Giovani que se separaram em 2014, tiveram um trágico rompimento. Na época, Gian teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC), e desabafou em entrevista que havia passado mal com as críticas que recebeu de Zezé Di Camargo contra sua mulher, Tati Monteiro. E o que foi um dos motivos que levou a dupla à separação, foi o apoio de Giovani que defendeu Zezé. Porém, a dupla resolveu retomar os projetos dentro da música sertaneja, recentemente. Assista um dos sucessos da dupla:

Matogrosso e Mathias

A dupla Matogrosso e Mathias enfrentaram problemas durante os anos de parceria. Quando completaram 30 anos de carreira em 2006, foi o fim da dupla. Mathias deu lugar ao Isaac Junior que assumiu o nome do segundo integrante da dupla, mas recebeu rejeição do público. Então, Matogrosso convidou Rafael Belchior para assumir a posição de Mathias.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy