Dia do Rock: saiba quais artistas sertanejos gravaram versões de músicas desse estilo

0
31
Dia do Rock: saiba quais artistas sertanejos gravaram versões de músicas desse estilo (Foto: Reprodução/Twitter Gusttavo Lima)
Dia do Rock: saiba quais artistas sertanejos gravaram versões de músicas desse estilo (Foto: Reprodução/Twitter Gusttavo Lima)

No Dia do Rock, saiba quais artistas sertanejos se aventuraram a cantar versões de clássicos do gênero e se deram muito bem

Artistas sertanejos fazem muito sucesso, mas também não é incomum que alguns revelem curtir o bom e velho rock. Paula Fernandes, por exemplo, já se declarou fã da banda norte-americana Metallica e Hudson, da dupla com Edson, que gravou um disco de rock solo em 2008, também confessa que sua musicalidade tem o rock como uma de suas influências.

Luan Santana, Eduardo Costa e Xororó são outros artistas que se dizem ouvintes assíduos de rock e que confessam ter sido influenciados por esse ritmo em suas carreiras. Até mesmo Gusttavo Lima, que em shows antigos arriscou os acordes de “Sweet Child O’Mine”, do Guns n’ Roses, tem tocado solos de guitarra com maior frequência em suas apresentações.

Se, por um lado, há artistas que genuinamente curtem o rock, outros surfam essa onda e regravam clássicos do gênero, tentando cativar os fãs com melodias já conhecidas do grande público, mas com uma pegada mais sertaneja. Costuma dar certo, visto que muitas regravações de clássicos do rock na versão sertaneja foram muito bem nas paradas de sucesso.

Em um primeiro momento, pode soar estranho e parecer que os dois ritmos não têm nenhuma afinidade, mas o rock pode combinar bem com o sertanejo e, quando se substituem os solos raivosos de guitarra por elaborados solos de viola, o resultado, muitas vezes, impressiona.

Confira a lista completa com 10 regravações de artistas sertanejos a partir de clássicos do rock:

Uma Vida a Mais – Marília Mendonça e Maiara e Maraisa

Marília Mendonça e Maiara e Maraisa surpreenderam durante a live “As Patroas” ao cantar uma nova versão de “Listen To Your Heart” da banca sueca Roxette, que na versão em português ganhou o nome de “Espero Mais Um Dia”.

Na Hora de Amar – Cleiton e Camargo/Gusttavo Lima

Do mesmo duo Roxette, que inspirou as patroas, a dupla Cleiton e Camargo (formada por um dos irmãos de Zezé Di Camargo e Luciano) fez uma versão da famosa canção “Spending My Time”. Mais recentemente, a faixa voltou às paradas das rádios brasileiras na voz de Gusttavo Lima.

Eu Juro – Leandro e Leonardo

“Eu Juro”, música que marcou a breve trajetória dos irmãos Leandro e Leonardo, é uma versão de “I Swear”, de Elvis Presley e poucas alterações foram feitas na letra original da canção. Leandro faleceu em 1998 em decorrência de uma câncer de pulmão, mas os sucessos que interpretou ao lado do irmão se consolidaram como um marco da música sertaneja. Leonardo, que seguiu carreira solo, costuma cantar a canção em seus shows.

É Por Você Que Eu Canto – Leandro e Leonardo

Versão da belíssima música “The Sound of Silence”, de Simon e Garfunkel, “É Por Você Que Eu Canto” foi gravada por Leandro e Leonardo nos anos 1990. A guitarra marcante da canção original aparece de forma bem mais discreta na versão em português, mas os vocais dos irmãos conseguiram manter a suavidade e a emoção.

Um Homem Quando Ama – Chitãozinho e Xororó

A dupla Chitãozinho & Xororó é fã de rock, isso já sabemos. O que nem todos se lembram é que, anos atrás, a dupla gravou uma versão em português para a balada “Have You Ever Really Loved a Woman?”, de Bryan Adams. Tanto a canção original quanto a versão de Ch&X foram enormes sucessos na época de seus lançamentos.

Eu te Amo – Zezé Di Camargo e Luciano

Por falar em clássicos, tanto do sertanejo quanto do rock, não se pode deixar de mencionar a versão que Zezé Di Camargo e Luciano gravaram para “And I Love Her”, dos Beatles. Aliás, o início dos anos 1990, a dupla gravou várias versões de músicas internacionais e Zezé chegou a dizer na ocasião que é fã da célebre banda britânica.

Foi Você Quem Trouxe – Edson e Hudson

Assim como a diva Mariah Carey, que regravou a música “I Want To Know What Love Is” em 2009, a dupla Edson e Hudson também investiu em uma nova versão da canção, lançada em 1984 pela banda de rock anglo-americana Foreigner.

Poeira no Vento – Crystian e Ralf

“Dust in The Wind” foi um grande sucesso da banda norte-americana Kansas, em atividade desde o início dos anos 1970. A versão em português, gravada por  Crystian & Ralf, chamada “Poeira no Vento”, ficou tão famosa na voz da dupla  que hoje é considerada um clássico do sertanejo.

Primeiros Erros – Bruno e Marrone

A dupla Bruno e Marrone regravou o clássico dos anos 1980, de Kiko Zambianchi e deu à canção uma roupagem sertaneja. A música, aliás, já tinha sido ressuscitada nos anos 2000 pela banda Capital Inicial, e vale mencionar que as três gravações da canção fizeram enorme sucesso à época de seus lançamentos.

Até o Céu – Max e Luan

Talvez essa última versão seja um tanto inusitada, especialmente para os fãs mais entusiasmados do rock e das bandas clássicas do gênero. A dupla Max e Luan versão uma versão sertaneja para a conhecidíssima “Another Brick in the Wall”, da banda britânica Pink Floyd. Os roqueiros torceram o nariz, mas a galera do sertanejo parece ter curtido.