Cantora sertaneja é escorraçada e processada após espalhar fake news sobre Caetano Veloso

0
101
Cantora sertaneja é escorraçada e processada após espalhar fake news sobre Caetano Veloso
Cantora sertaneja é escorraçada e processada após espalhar fake news sobre Caetano Veloso (Foto: Reprodução Instagram)

Cantora sertaneja recebe intimação após compartilhar vídeo de fake news sobre Caetano Veloso e vai ter que responder na Justiça

A cantora sertaneja Nayat Jordan, apoiadora de Bolsonaro, que foi detonado por Eduardo Costa recentemente, se envolveu em uma polêmica após espalhar fake news sobre o cantor Caetano Veloso, o que resultou em um processo judicial movido por ele.

Confira as notícias do Movimento Country no YouTube

Na ocasião, Nayat compartilhou um vídeo em suas redes sociais onde mostram Caetano e vários outros artistas comemorando as festividades de ano novo, que na verdade ocorreu em 2019. Em sua publicação, a cantora esbravejou:

“Olha que legal o réveillon na Bahia festejando 2021. Galera boa: Regina Casé, Caetano Veloso, Maria Bethânia, Mart’nália, filha do Martinho da Vila e adjacências. Parabéns sem medo da peste chinesa. Festão do covidão!”, detonou.

A publicação logo viralizou nas redes sociais e os internautas constataram que se tratava de um vídeo antigo, e logo a acusaram de propagar fake news. O vídeo chegou ao conhecimento de Caetano Veloso, que se revoltou e acionou seus advogados, responsáveis por notificar a cantora sobre o processo judicial que terá que responder.

Nayat Jordan é bolsonarista e, inclusive, faz parte do time de artistas que clamam pela volta dos shows, mas se calam perante a vacina, acreditando nas palavras anti-vacina de Bolsonaro, que recentemente defendeu Gusttavo Lima com unhas e dentes após o cantor ser atacado por bebedeira nas lives.

Com o Brasil ultrapassando as 200 mil mortes e quase 8 milhões de infectados pela Covid-19, fake news propagadas por atos inconsequentes prejudicam – e muito – a situação do país, que passa por momentos delicados e, muitas vezes, usa tais artistas como reflexo de suas atitudes.

Leia também

Sertanejos exigem volta de shows mas se calam pela vacina

(Foto: Internet)
(Foto: Internet)

Há alguns meses, a volta dos shows virou figurinha repetida na boca de artistas como Gusttavo Lima, César Menotti e Fabiano e Naiara Azevedo, que chegou a ameaçar Bolsonaro cobrando uma atitude. As vontades não foram satisfeitas e isso gerou grande pressão na classe artística, que passou a fazer, muitas vezes, shows clandestinos para voltar a ter seus lucros e ostentações.

O curioso é que, desde que a vacinação contra a COVID-19 virou pauta no Brasil, tais artistas se calaram e não prestaram apoio à população em nenhum momento, o que obviamente gerou revolta em boa parte da massa.

Ouça os principais lançamentos sertanejos no Spotify

Nas redes sociais, uma série de internautas esbravejou contra os interesses dos sertanejos, que só pensam no próprio umbigo e não tem um pingo de respeito com a população e mortes pelo vírus, e não fazem sequer questão de se retratar por isso.

Por outro lado, outros artistas mesmo em crise financeira grave já declararam que só voltam a se apresentar quando todo mundo estiver seguro, como é o caso do polêmico Eduardo Costa. Seria um alívio se todos pensassem da mesma maneira.