Cantora sertaneja faz desabado e revela que foi assediada “Já passaram a mão em mim”

Erikka faz desabafo e fala sobre assédio (Foto: Divulgação)
Erikka faz desabafo e fala sobre assédio (Foto: Divulgação)
Publicidade

A cantora sertaneja Erikka que fez sucesso em 2014 com a música “Cara de Rica” fez um desabafo durante entrevista e revelou que foi vítima de assédio

A cantora sertaneja Erikka quase viu seu sonho desmoronar com a morte do seu empresário. Além disso ela revelou que sofreu assedio e foi vítima de machismo durante a sua carreira.

Ela conquistou a fama em 2014 com o hit ‘Cara de Rica‘ e viu o sonho desmoronar com a morte de seu empresário. Após um período de reclusão, a cantora retoma a carreira e se diz mais forte do que nunca, inclusive para lidar com o machismo da música

Publicidade

Durante entrevista à revista Marie Claire a cantora falou um pouco da sua carreira e dos obstáculos para conquistar o seu espaço no mercado até então ocupado apenas por homens.

Fui uma das primeiras cantoras a lançar uma música sertaneja, depois aconteceu o ‘feminejo’. A gente veio meio que junto nessa leva: Maiara e Maraisa, Marilia Mendonça. Eu já estava ali no meio, mas não tive suporte pra dar continuidade“, lamenta. “Muita gente falava que mulher cantando sertanejo não dava certo e eu não entendia. Então meu sexo influencia na música que eu canto? Por quê?“.

Além do Machismo a cantora enfretou o assédio

E foi em busca de seu espaço que Erikka se deparou com o machismo no meio musical e se viu em situações de assédio.

Na época, ela conta, não conseguia falar muito sobre o assunto. “Já passaram a mão em mim, mas acho que ainda foi o mínimo diante do que já passei. Tem pessoa que você acha que está acreditando no seu talento, e ela quer algo em troca, quer sexo. Você diz que não vai fazer e o cara começa a te queimar, falar mal de você dentro do meio“, desabafa. “Isso é muito complicado. Tinha caras que queriam alguns ‘favores’ que eu jamais faria e não me arrependo de nunca ter feito. São meus princípios, aprendi a não ceder a essas coisas“, diz.

No final de 2019 ela gravou seu DVD Show Bar com composições suas e de parceiros. “Meu  repertório é totalmente baseado em fatos reais”, conta ela. Entre as músicas trabalhadas estão Sentimento Cadê Você, Alma Gêmea e Engenheira – esta última que resgata autoestima, uma espécie de desabafo. “Fiz pensando num momento exato que eu via foto de um ex meu com a atual ele”, confessa.

Agora, Erikka se prepara para pegar a estrada. Ela embarca em turnê em abril. “Estamos nesse passo a passo, mas o DVD é um sonho que eu realizei. Na carreira tenho sonho de fazer feat com Marilia que sou muito fã, é algo que vou perseguir e vou conseguir”, aposta. “Meu sonho é pra sempre viver de música, não deixar mais a música”, afirma.