Cantor sertanejo conta intimidades da sua relação com Gugu Liberato

0

Um mês após a morte de Gugu Liberato, o cantor sertanejo Luciano Camargo fez um desabafo e revelou detalhes da sua relação com o apresentador no início da carreira

O apresentador Augusto Liberato, conhecido como Gugu, sofreu um grave acidente ao cair de uma altura de quatro metros em sua casa nos Estados Unidos.  O trágico acidente aconteceu no último dia 22 de novembro passado.

A notícia sobre a morte cerebral foi divulgada antecipadamente por alguns veículos após informação confirmada pelo colega de profissão Amaury Junior.

Luciano Camargo revelou que teve uma relação próxima com o comunicador na início da carreira e revelou detalhes desconhecidos pelo grande público.

“Quem começou entre o final da década de 80 e a de 90 teve muitos momentos com o Gugu. Na última viagem que fez, para Orlando, minha mulher encontrou o Gugu. Ele falou da expectativa da casa nova, de morar em Orlando. A gente nunca imagina que algo assim vai acontecer”, chegou a afirmar o famoso cantor sertanejo.

Luciano revela que viveu grandes emoções ao lado de Gugu Liberato. O sertanejo e seu irmão, Zezé Di Camargo receberem o primeiro disco de ouro entregue pelo apresentador no palco do SBT.

“Quando eu tive a honra de estar a primeira vez no programa do Gugu e logo em seguida recebendo um disco de ouro, o primeiro da minha carreira. E depois foi ele que entregou todos os outros. Então, são muitas histórias, de convívio, de amizade, profissional…”, iniciou.

Luciano Camargo lamentou e morte do amigo

“Ele tinha uma coisa que você não precisava esperar para ir em seu programa, ou agendar pela produção, ou pelo departamento de divulgação da gravadora, bastava chamar o Gugu…Ele estava sempre ‘vem para cá. Vamos fazer!”, relembrou.

“O Gugu realmente era um cara extraordinário, espetacular. Uma perda irreparável para todos. Irreparável como pessoa, como profissional…Com cerezta uma grande escola que está se fechando hoje chamada Gugu Liberato”, finalizou

A importância na música sertaneja

Em 1991, o gênero sertanejo estava estourado em todo o Brasil. Aproveitando o momento, Gugu lançou e estreou o programa que foi pioneiro em divulgar a música sertaneja para comemorar na ocasião os 10 anos do SBT.

Nos seus dois primeiros anos, a atração só apresentava artistas sertanejos. Mas a partir de 1993, passou a abrir espaço para outros gêneros musicais. Em 1997, o programa mudou de nome para apenas Sabadão e passou a entrar no ar ainda mais tarde, por volta da meia-noite. Mesmo assim, conseguia manter uma audiência na casa dos 20 pontos, em 2000.

A última exibição do programa ocorreu em 23 de novembro de 2002, após uma série de mudanças na grade de programação da emissora. A partir daí, o programa passou a se chamar Disco de Ouro, e exibido nas tardes de domingo até o início de 2003.

Deixe uma resposta