Cantor sertanejo é preso acusado de crime de pedofilia

0

O cantor sertanejo Cleverson Martins da Silva, o Cleber da dupla Cleber e Jorgito, foi preso na manhã do sábado (5) sob a acusação de prática de pedofilia.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Marechal Cândido Rondon.

De acordo com o investigador Fábio Nunes, Cleverson está preso previamente por um período de 30 dias. Ele disse que na terça-feira (8), o delegado responsável pelo caso, Pedro Lucena, irá pedir a prisão preventiva do músico.

O investigador contou que o fato foi parar na delegacia a partir do momento que a mãe de uma vítima de 11 anos desconfiou do comportamento da filha. A menina costumava se afastar dos demais familiares para atender as supostas ligações do cantor. Desconfiada, a mãe da criança descobriu troca de mensagens e vídeos, levando o caso para a delegacia.

Fábio Nunes disse ainda que testemunhas ainda estão sendo ouvidas. Nos 15 primeiros dias, Cleverson não pode receber nenhum tipo e visita, ficando em total isolamento. Só a partir do 16º dia é que o músico irá poder ser visitado.

A partir desta investigação, Nunes informou que a polícia descobriu outros três casos. As vítimas que teriam sido molestadas pelo cantor teriam entre 11 e 13 anos.

Deixe uma resposta