O maior site sertanejo do Brasil

Léo Magalhães, segundo ex-baixista, deve mais de um 1,5 milhão

0 95

A ação movida por ex-baixista cobra dívida trabalhista de R$ 1,5 milhão desde 2014


A ação movida por ex-baixista cobra dívida trabalhista de R$ 1,5 milhão desde 2014
Na semana passada, uma decisão do juiz Marcelo Nogueira Pedra, da 15ª Vara do Tribunal Regional do Trabalho de Goiânia (GO), acabou favorecendo o ex-baixista da banda do cantor Leo Magalhães, Humberto José da Silva, que cobra uma dívida de R$ 1,5 milhão desde 2014. Será que ele viveu como para chegar em 2016? Porque bota divida nisso!
O Juiz determinou o bloqueio judicial, penhora, e remoção de dois veículos de Léo. Na noite seguinte à publicação, oficiais da Justiça, acompanhados do advogado do baixista, foram até Senador Canedo (GO), na região metropolitana de Goiania (GO), onde o cantor se apresentava. A intenção era fazer a penhora e remoção de um ônibus e de uma carreta. No local encontraram apenas a carreta. Sendo assim, foi cumprida apenas a penhora deste bem. Ah, pelo menos foi só um.
Segundo o advogado do cantor, Edson Braz, o veículo bloqueado é alugado e não deveria ter sido apreendido. Ele completa dizendo que não discorda de que há acertos trabalhistas a serem quitados com o músico em questão, mas não aceita os valores citados no processo. Óbvio, né, Léo. Quem quer tirar do bolso um milhão? Mas, a vida é assim, trabalhou, recebeu, do contrário o mundo fica do avesso mesmo.
O caso segue na justiça e Edson informou que irá recorrer da decisão do Juiz, para que não haja o bloqueio judicial, assim como ingressará com uma ação rescisória com a finalidade de suspender o processo trabalhista. Quer saber, boa sorte nesse jogo do milhão. E que milhão salgado!

loading...
Comentários
Loading...