Betty Faria é homenageada em mostra que retrata seus 80 anos

Por Hedmilton Rodrigues
Com colaboração de Hernane Freitas

A “Mostra Betty Faria – 80 anos” apresenta 15 longas de diferentes períodos da história do cinema para homenagear uma das mais respeitadas atrizes do Brasil. Com curadoria de Leandro Pardi, ex-coordenador da Cinemateca Brasileira, a mostra reforça o compromisso da valorização e celebração do Cinema Brasileiro.

Durante todo o período da mostra, dois filmes da programação ficarão disponíveis de forma online e gratuita para todo o Brasil através da plataforma Eventim :”Perfume de Gardênia” e “Marlene de Souza” (2004), filme pouco conhecido da atriz onde ela divide a cena com a atriz portuguesa Maria de Medeiros.

Para finalizar, a mostra realiza uma ação formativa através da masterclass ministrada pelo cineasta e programador Sergio Silva. “Filmografia Básica do Cinema Brasileiro” é uma oficina online sobre memória audiovisual e cinema brasileiro, utilizando análise de filmes, destacando as experiências que definiram o perfil da produção cinematográfica no Brasil e traçando uma breve filmografia básica sobre memória audiovisual e cinema brasileiro. O catálogo, que traz a filmografia completa e uma entrevista inédita da atriz, será disponibilizado de forma online e gratuita no site do CCBB.

Joanna canta Roberto Carlos no projeto “Fim de Tarde”

(Foto: Beti Niemeyer)
(Foto: Beti Niemeyer)

Pela primeira vez a cantora Joanna sobe ao palco do teatro João Caetano, para um encontro inusitado com Maestro Eduardo Lages, para um show de voz e piano com canções do Rei Roberto Carlos. Única apresentação no dia 16 de setembro, quinta feira, ás 18:30 no Teatro João Caetano, no projeto “Fim de Tarde” com direção de Haroldo Costa.  Joanna promete passear entre os grandes sucessos do Rei, como “A Distância”, “Olha”, “Outra Vez”, entre outras perolas.

Em 2014, o projeto de grande sucesso “Fim de Tarde” levou milhares de artistas renomados a se apresentarem em espetáculos musicais, com ingressos a preços populares, no Teatro João Caetano. Com a pandemia do Covid-19 iniciada em 2020 e as limitações à circulação de pessoas, houve um impacto significativo. Com o objetivo de retomar a formação de plateia na casa de espetáculos mais antiga do Rio de Janeiro, além proporcionar novamente a experiência de shows musicais para o nosso público de forma segura, a FUNARJ retornará com o projeto “Fim de Tarde”, a partir de setembro de 2021, no Teatro João Caetano, sempre às quintas-feiras e a preço popular.

Assuntos Relacionados 

Oscar Filho fala sobre a saída de Maísa do SBT: “Achei uma baita sacanagem”

(Foto: Reprodução/SBT)
(Foto: Reprodução/SBT)

O apresentador Maurício Meirelles recebeu o humorista Oscar Filho no programa ‘Foi Mau’ na RedeTV!. Companheiro de Maísa Silva no extinto ‘Programa da Maísa’, Oscar comenta a saída da apresentadora do canal, que levou à descontinuidade do programa no final de 2020.

“Achei uma baita sacanagem, porque lá [no SBT] ela pagava de irmã, falava: ‘Eu gosto para caramba de você, adoro seu trabalho’. Aí ela pega e vai para a Netflix?!”, brinca o humorista, que foi dispensado pela emissora logo depois da saída da jovem.

Ainda no ‘Foi Mau’, Oscar revela que para fazer parte do quadro de colaboradores da empresa de Silvio Santos teve que “puxar muito o saco” de Maísa. “Acho que era o Rodela ou o Marquito que iriam entrar no meu lugar. Cavei muito essa oportunidade para mim”. Com o fim do programa, o humorista revela ter perdido o contato com a apresentadora. “Ela não manda mensagem, ignora. Chegou a me bloquear no Instagram”, diz. Atualmente, no entanto, os ex-colegas de palco se seguem na rede social.

Highlander: Carlinhos Maia revela novo talento do arrochanejo

(Foto: Reprodução Instagram)
(Foto: Reprodução Instagram)

Carlinhos Maia fez uma nova revelação do arrochanejo: Highlander Cavalcante. Natural do Mato Grosso e criado em Alagoas, o cantor e compositor recebeu elogios de Carlinhos durante a festa do cunhado e também influencer Babal.

Em um momento íntimo entre amigos e familiares, Carlinhos usou as redes sociais para falar de Highlander. “Eu adorei esse cantor de Alagoas, o nome dele é Highlander. Como assim eu não conhecia? Músicas que eu amo”, disse o influencer.

Highlander cantou clássicos da música sertaneja e sucessos autorais, como “Coração Covarde” e “De Casa Pra Fora”.  Após o elogio, Highlander estourou e tem conquistado ainda mais o público nas redes sociais. Nos últimos dias, o cantor arrancou elogios de Babal, Verinha, Emily Garcia, entre outros influenciadores e também do grande público, que se apaixonou pela ritmo do cantor.

João Bosco e Vinícius relembram sucessos em gravação de novo DVD

(Foto: Flaney Gonzallez)
(Foto: Flaney Gonzallez)

A dupla sertaneja João Bosco e Vinícius fizeram a primeira parte da gravação do DVD “+Positivo+” no Hard Rock Café em Ribeirão Preto, interior de São Paulo. A dupla convidou alguns nomes da nova geração da música sertaneja para dividirem este momento marcante.

Os convidados escolheram suas músicas. Diego & Victor Hugo, os artistas número um nas rádios do Brasil com “Facas”, optaram por “Sem esse coração”. Já Luíza & Maurílio cantaram “Não dá pra continuar”. Hugo & Guilherme, um dos nomes mais ouvidos nas plataformas digitais, cantaram “Quero provar que te amo”. Já Diego & Arnaldo relembraram “Chuva”.

A versão de João Bosco & Vinícius e Guilherme e Benuto de “Meu Mundo Gira”, fez com que os convidados relembrassem uma época muito boa. Gustavo Mioto subiu no palco e cantou “Querendo Te Encontrar”. Yasmin Santos, por sua vez, escolheu “Falando Sério” e por fim, Fred e Fabrício cantaram “Sofrendo Por Amor”.

“Tivemos a felicidade de convidar esta galera e todos toparam, a noite foi incrível, leve e estamos felizes demais”, conta João Bosco. Na próxima segunda-feira, 20, será gravada a outra parte do DVD, com outro repertório e novas participações.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais