fbpx


O locutor de rodeios Asa Branca está internado em estado grave

0

Famoso nos anos 90, Asa Branca enfrenta recidiva de câncer na mandíbula e passará por cirurgias e quimioterapia em São Paulo

Ruy Asa Branca, locutor de rodeios de sucesso dos anos 1990, está internado em São Paulo, lutando contra uma recidiva de um câncer na mandíbula.

A doença, contra a qual ele já tinha feito 33 sessões de radioterapia há alguns anos, se espalhou pelo rosto e, nos próximos dias. ele será submetido a dois procedimentos, a retirada de duas válvulas na cabeça e uma gastrostomia, para que um tubo seja colocado em seu estômago para alimentação.

Depois, Asa Branca, 57 anos, passará por sessões de quimioterapia, tratamento que tinha sido evitado até agora por ele ter o vírus HIV.

A mulher do famoso locutor de rodeios, Sandra dos Santos, contou que o casal está de volta ao Brasil depois de um ano nos Estados Unidos.

“Ele ficou com uma necrose devido à radioterapia e aqui disseram que ele nunca mais iria abrir boca. Então fomos para lá em busca de tratamento, mas além de não ter dado certo, os médicos lá não detectaram essa recidiva”, revolta-se ela.

“Foi um ano longe da família, fiquei sozinha com ele, gastamos tudo que podíamos, toda a nossa reserva. A única coisa que fizeram foram 30 sessões de oxigênio em câmera hiperbárica, mas esse tratamento não deu certo”, diz.

Sandra e Asa Branca chegaram em São Paulo no dia de 30 de julho e no dia 2 de agosto tiveram a primeira de muitas consultas.

O novo tumor é grande e se espalhou por quase todo o rosto do locutor. “Ficou difícil. Talvez não consigam tirar tudo, ele pode perder metade do rosto e não vai dar para fazer plástica”, conta Sandra. Na segunda-feira (9), o estado de Asa Branca piorou, e ele precisou ser internado no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp).

Segundo sua esposa, “não há mais o que fazer a não ser estar do lado dele o tempo todo e rezar”.

A história do locutor Asa Branca

Asa Branca namorou a jornalista Marília Gabriela (Foto: Arquivo Pessoal)
Asa Branca namorou a jornalista Marília Gabriela (Foto: Arquivo Pessoal)

Nascido em 19 de abril de 1962, na cidade de Turiúba/SP, Waldemar Rui Asa Branca dos Santos, mais conhecido como Asa Branca é considerado um dos melhores locutores na história do rodeio brasileiro.

Começou sua trajetória nas arenas montando em touros bravos, mas a carreira de peão foi interrompida após um acidente, quando o chifre de um boi chegou a perfurar seu pulmão.

Inovador e arrojado, foi o locutor que levou o microfone para dentro das arenas, trazendo assim mais emoção ao público dos rodeios. Inovou também nas aberturas com atrações e apresentações especiais como a presença do cavalo e do helicóptero, se tornando um mito dentro do rodeio.

“Quando vi que estavam me imitando não me senti ofendido, pelo contrário, percebi que havia feito escola, meu objetivo tinha sido alcançado”, comenta Asa Branca.

Investiu muito no profissionalismo desse esporte, procurando garantir os direitos dos atletas. Em Barretos apresentou o então candidato à presidente do Brasil, Fernando Henrique Cardoso, à uma plateia que aguardava sua apresentação na festa.

Neste dia o rodeio ganhou mais força política e se tornou um dos esportes mais praticados em nosso país.

Sucesso na TV

O locutor de rodeios também fez sucesso na TV onde apresentou o Som Brasil e o especial Amigos na Rede Globo, e teve participação em novelas como Mulheres de Areia e Rei do Gado, também da Rede Globo.

Marcou presença em diversos programas de TV e rádio como Domingo Legal (SBT), Domingão do Faustão (Globo), Hebe (SBT), Domingo Show (Record), Silvia Popovic (BAND) dentre outros.

Em 2013, ficou hospitalizado por 83 dias devido a uma neurocriptococose, popularmente chamada “doença do pombo”, que atinge o sistema nervoso.

Chegou a ser submetido a seis cirurgias no cérebro, mas venceu a doença e retornou aos rodeios em 2014.

Por causa da neurocriptococose, Asa Branca adquiriu a meningite bacteriana e hidrocefalia. Para controlar as doenças, necessita tomar remédios todos os dias e ir frequentemente ao médico para realização de exames.

Recentemente enfrentou um câncer na boca, passando por várias sessões de radioterapia e permanece em recuperação. Os resultados apontam que o câncer foi vencido.

As forças nesse caminho são de duas fontes. Uma, sua mulher Sandra Santos, parceira incansável nos momentos mais difíceis para quem o marido “é o resultado de um milagre”. A outra, a fé que o locutor tem em Deus e Nossa Senhora Aparecida.

Documentário – “A Última Lenda dos Rodeios”

Uma produção de VEJA SÃO PAULO e Kurundu Filmes com lançamento previsto para 26 de agosto no encerramento da Festa do Peão de Barretos, o documentário retrata a vida do locutor.

Em breve nos cinemas e livro

A produtora Sentimental Filme, em parceria com a Querosene Filmes e a Universal, deu início ao filme: “Asa Branca – A Voz da Arena”. Sob a direção de Guga Sander (um dos diretores de “Surfar É Coisa de Rico e Ilha de Ferro”), o longa contará a história do Asa Branca.

A trajetória do locutor também será contada em livro pelo Escritor e Jornalista Raul Marques.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.