fbpx

Após prejuízos milionários, artistas sertanejos esnobam pandemia e retornam shows presenciais

A atitude tem desagradado boa parte do público que ainda segue o isolamento.

0

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Zé Neto e Cristiano, Marília Mendonça, Wesley Safadão e mais: Artistas sertanejos voltam com shows presenciais em plena pandemia e geram revolta

Após terem prejuízos milionários que provocaram rombos em suas contas por causa da paralisação dos shows nos últimos 8 meses, os artistas sertanejos começam a esnobar a pandemia e voltam a marcar shows presenciais para lucrar e ostentar seus cachês milionários, como foi flagrado Gusttavo Lima recentemente.

Acompanhe as últimas notícias do Movimento Country no Instagram

Após a queda das lives sertanejas, que foram regadas de polêmicas e deixaram o público enjoado pela mesmice, os artistas sertanejos começam agora a planejar sua vida e tentar lucrar mesmo com a pandemia ultrapassando a marca de 160 mil mortos no Brasil.

Além dos shows em Drive-In, acreditem ou não, os shows presenciais começam a voltar à cena em terras brasileiras e isso tem dividido a opinião da população, que anseia por uma cura eficiente contra o vírus. A liberação de atividades culturais e apresentações em alguns estados motivou alguns cantores a retomarem suas apresentações.

Os eventuais shows marcados seguem uma risca de normas impostas, como a redução drástica da capacidade de público, espaçamento entre os assentos na plateia/camarote, uso de máscaras e disponibilização em abundância de álcool em gel, além da medição de temperatura nas portarias.

Mas, afinal de contas, quais são os artistas sertanejos que estão retomando os shows presenciais? Confira abaixo.

Leia também

 Artistas sertanejos que retomaram os shows

(Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

Uma lista com grandes nomes do público encabeçam a volta dos shows sertanejos presenciais: Marília Mendonça, Wesley Safadão, Zé Neto e Cristiano, Cleber e Cauan e Zezé Di Camargo e Luciano já tem apresentações marcadas para “matar a saudade” do público – e lucrar.

Siga o canal do Movimento Country no YouTube

Neste final de semana, Marília Mendonça, que se revoltou com críticas recebidas na academia recentemente, se apresenta no evento Royal Weekend, evento em um hotel no qual os artistas cantarão em um palco improvisado em um barzinho no local.

Quem também volta aos palcos neste sábado (7) é a dupla sertaneja Cléber e Cauan, que passaram um sufoco com caso de Covid de Cauan e agora tentam voltar à programação normal. A dupla se apresenta no Café Banana, em Brasília. A casa de shows tem capacidade para 400 pessoas, mas só 150 acentos estão disponíveis para o público.

Após sua harmonização facial virar piada na internet, Wesley Safadão conseguiu esgotar ingressos para um show em apenas 5 minutos, segundo dados de sua assessoria. Dia 21 de novembro acontece o primeiro show do projeto WS Limited, em Natal (RN).

Zé Neto e Cristiano e Zezé Di Camargo e Luciano também retornam aos palcos em dezembro com shows em São Paulo.

Em todos os casos, os artistas asseguram que “a segurança do público é sua prioridade”, no entanto, o assunto tem repercutido de forma negativa na internet devido à volta precipitada de eventos sem nem mesmo uma vacina.

Revoltada, uma internauta chegou a esbravejar no Twitter: “Esses artistas sertanejos deviam criar vergonha na cara, para eles é ótimo ficar isolado em cima do palco, o público aglomerado que se ferra”, disparou.

E aí, você iria em um show na atual situação em que estamos vivendo? Conta para a gente!

Leave A Reply

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy