Aos 75 anos, Sérgio Reis revela que não tem medo da morte

0 147

Após ter dado alguns sustos em seus fãs, Sérgio Reis revela que após a queda do palco, continua com uma costela descolada, mas que não tem medo da morte.

Em 2012, o cantor deu um susto nos fãs ao cair de um palco e sofrer diversas fraturas. “Trinquei nove vértebras, quebrei oito costelas, perfurei o pulmão direito, trinquei o ombro direito e luxei o joelho esquerdo. Aí foram 90 dias de molho. Queria tomar Super Bonderpara colar, mas não deixaram”, brincou ele, que em um exame recente descobriu que há ainda tem resquícios do acidente. “Das oito costelas, a primeira do lado direito não colou. Está separada. Dá para ver perfeitamente no raio-X”.
Ainda assim, Sérgio garante que leva uma vida normal. Ou quase. “Não é perigoso. Lógico que não vou fazer gestos bruscos. Não ando mais a cavalo, tenho medo. Já estou com 75 anos de idade e é mais difícil você se recuperar fisicamente. Tenho que entender isso, não adianta chorar. Tenho que entender que tenho 75 anos e tenho que me comportar como um velho de 75 anos”, afirmou, com bom humor.
Apesar do susto com o acidente e de ter ficado parado por três meses, Sérgio Reis garantiu que não tem medo da morte. “Eu só assustei todo mundo. Tudo o que vem eu aceito numa boa, não tenho medo de nada”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.