Zé Neto e Cristiano são criticados após dedicar prêmio a Bolsonaro

Tempo de leitura: 2 minutos

Após Zé Neto e Cristiano se emocionarem ao receberem o prêmio dos Melhores do Ano, a dupla ofereceu o prêmio ao presidente eleito Jair Bolsonaro

Por Sirlene Araújo (colaboradora)

A participação da dupla Zé Neto e Cristiano foi um dos pontos altos do programa Domingão do Faustão. Exibido no último domingo, a dupla se emocionou e chorou pelo fato de não terem conseguido terminar os estudos. Logo após, eles dedicaram o prêmio ao presidente eleito Jair Bolsonaro.

Zé Neto & Cristiano foram os vitoriosos do troféu de “Música do Ano” com ‘Largado às Traças‘, derrotando as canções da banda Melim e de Vitor Kley. Entretanto, o fato da dupla sertaneja ter ‘dedicado’ o prêmio ao presidente eleito Jair Bolsonaro, desagradou parte dos fãs.

“Alô Bolsonaro, capitão, esse aqui é pra você, oh! Melhores do ano… Temos certeza que você vai ser o melhor presidente da história desse país… Vamos descer a rampa juntos”, disse a dupla sertaneja em vídeo. Alguns seguidores os acusaram de ingratidão pelo empenho dos fãs na votação, em comentários do Instagram e no Twitter.

Alguns fãs fizeram alusão à falta de estudo da dupla, que, segundo eles, talvez justifique a dedicatória ao presidente eleito, que já tem causado muita polêmica e divisão no meio sertanejo.

Produtor de Zé Neto e Cristiano foi acusado de homofobia

Um integrante da equipe da dupla sertaneja Zé Neto e Cristiano foi denunciado por agressão no Acre. A vítima foi um fã que teria tentado se aproximar dos cantores que fazem show na noite deste domingo (5) na Expoacre 2018.

Lucas Dourado, conhecido nas redes sociais por postar fotos com celebridades que passam pelo Acre.

No entanto, o fã foi agredido quando tentou se aproximar da Dupla Zé Neto e Cristiano. Ele foi contido pelos seguranças da dupla. Um grupo de fãs que foram ao hotel, tentando encontrar a dupla, registrou o momento da agressão.

Além disso, o agressor não se intimidou com o apelo dos demais fãs que acompanhavam a chegada de Zé Neto e Cristiano. O suposto segurança só parou depois que percebeu que estava sendo filmado pelas pessoas que estavam no local.

BolsonaroDomingão do FaustãoZé Neto e Cristiano
Comentários (0)
Adicione seu comentário