Lucas Lucco tentou se matar e faz desabafo após ser vítima de homofobia

O cantor sertanejo Lucas Lucco revelou em suas redes sociais que tentou se matar durante o período de depressão e foi vítima de homofobia após gravar clipe com Pablo Vittar

Lucas Lucco resolveu abrir o coração para os seus seguidores nas redes sociais. O noivo da modelo Lorena Carvalho revelou que foi vítima de homofobia e tentou se matar várias vezes.

+ Acompanhe as últimas notícias do Movimento Country no Instagram

O cantor que conquistou o Brasil em 2013 com a música “Mozão”, abriu o jogo para seus fãs e revelou que sua carreira não foi nada fácil. Através das redes sociais, o cantor mineiro falou resolveu abrir o coração e fez revelações bombásticas aos seus seguidores.

O sertanejo relembrou o período que teve depressão, e revelou conseguiu sair daquela situação se conectando com Deus. “Nenhum remédio é igual à coragem que você tem que ter para mergulhar dentro de você, encarar você mesmo e fazer uma reforma íntima, como se fosse uma casa. Você que tem ansiedade e depressão, é disso que você precisa. É uma grande oportunidade de fazer uma reforma íntima”, disse.

Durante a conversa com os seus fãs o mineirinho revelou ainda que tentou se matar várias vezes durante o período de depressão produnda

Foi só através da depressão que eu consegui ter isso [uma relação direta com Deus]. Hoje eu agradeço a Deus por ter tido depressão, e entendo a depressão como uma bela de uma oportunidade. Eu amei. Eu vivi os piores momentos da minha vida. Tentei me matar inúmeras vezes. Eu tenho tudo, e tentei me matar inúmeras vezes. Mas hoje, compreendo cada dia, cada sofrimento. Eu entendi a lição”.

Leia também

Lucas Lucco foi vítima de homofobia

(Reprodução YouTube)

O canto sertanejo chamou a atenção ao participar de um vídeo clipe sensual ao lado da cantora Pabllo Vittar  em 2018. Trata-se do de “Paraíso”, parceria dos cantores que teve videoclipe apresentado no programa Fantástico, da Rede Globo.

Siga o Movimento Country: Google News | Instagram | Twitter | YouTube | Facebook

Em entrevista à revista Quem, o cantor sertanejo falou sobre preconceito e críticas que recebeu após o lançamento da música com Pabllo Vittar.

Meus fãs se sentiam bem em irem como drag queens no meu camarim. Eu criei uma relação com esse público também. Eu digo: ‘Comigo, vocês não precisam ter medo. Vocês vão ser muito bem recebidos. Eu, um artista heterossexual, recebi muitas críticas. O sertanejo é muito machista. É aquele negócio: ‘Tenho quatro filhos, transo todo dia com minha música’. Muitos artistas até se distanciaram de mim por conta disso. Eu até acho bom“, comentou o artista.

Confira a programação do Rodeio de Americana 2014. Lucas Lucco e Jads e Jadson estão confirmados.HomofobiaLucas Luccosuicidio
Comments (0)
Add Comment