Cantor sertanejo tem falência decretada e tenta vender fazenda por fortuna para pagar dívidas

O cantor Amado Batista anunciou a venda de uma de suas fazendas por uma verdadeira fortuna após receber multa milionária do IBAMA

O cantor sertanejo Amado Batista, que recentemente esteve em um almoço com o presidente Jair Bolsonaro, chocou o público ao anunciar a venda de sua fazenda, localizada no Mato Grosso, por R$ 350 milhões. O motivo seria as dívidas milionárias do cantor, que foi multado pelo IBAMA e gerou rumores de falência.

+ Acompanhe as últimas notícias do Movimento Country no Instagram

Segundo informações do programa Balanço Geral, Amado Batista tenta vender sua fazenda após receber uma multa de R$ 1 milhão do IBAMA, ainda em 2014, por causa do desmatamento no município de Cocalinho, que é considerado um dos locais que mais desmata no estado do Mato Grosso.

As informações ainda constam que o motivo da venda é para quitar suas dívidas milionárias do cantor sertanejo, que vem tentando vender essa fazenda desde 2018. Em um áudio vazado de Amado Batista na época, o cantor comentou o valor da fazenda e os atributos do seu palácio rural:

“Vou vender minha fazenda mesmo. Será R$ 350 milhões, de porteira fechada (ou seja, com tudo que tem dentro). Tem 10 mil cabeças de vaca, 8 tratores, 90 bebedores solares, toda dividida. São 34848 hectares… 35 mil hectares né. Dá 7200 alqueires, tá bom? Tem 3 pistas de pouso de avião, uma série muito boa. É isso aí, qualquer coisa fala comigo”.

A notícia viralizou na internet e os usuários logo associaram as dívidas a uma possível falência de Amado Batista, que está sem fazer shows e recentemente pediu ajuda a Bolsonaro, para tentar alavancar o setor do entretenimento. O cantor sertanejo não se pronunciou sobre o assunto.

Leia também

Amado Batista participou de encontro com Bolsonaro

(Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

Naiara Azevedo se reuniu em um almoço com o Presidente da República, que também contou com Amado Batista e Sorocabaque recentemente teve separação da esposa exposta.

O encontro com Bolsonaro aconteceu na churrascaria Nativas Grill, na Vila Planalto, e foi filmado por Sorocaba, que postou alguns stories do local:  “É uma honra poder dar voz a um setor tão importante da nossa economia. Obrigado Bolsonaro por ouvir o que o setor de entretenimento tem para falar”, legendou uma foto.

+ Confira as notícias do Movimento Country no YouTube

Com prejuízos milionários, os artistas vem exigindo a falta dos shows “com segurança” em plena segunda onda de Covid-19 no país. O almoço, lotado, chamou a atenção pela falta do uso de máscaras de todos os presentes, que ignoraram o isolamento social e se aglomeraram na mesa.

O público obviamente não aprovou e detonou os sertanejos nas redes sociais, o que os obrigou a se pronunciar e tentar explicar a situação para tentar fugir do cancelamento.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais