Sem categoria

Turistas podem saborear Queima do Alho

Turistas e barretenses podem saborear a tradicional comida típica dos peões.
A queima do alho geralmente destinada a convidados estará à disposição dos visitantes no Rancho Ponto de Pouso, ao lado do Estádio de Rodeios, neste sábado, dia 23, às 12 e às 19 horas, e no domingo, às 12 horas.

No dia 29 e 30, será servido apenas o jantar, das 19 às 23 horas.
No dia 31, haverá almoço, a partir das 12 horas.
As adesões custam 15 reais. Bebida é vendida à parte.

COMPETIÇÃO

Resgatar a mais tradicional culinária dos tropeiros (homens que conduziam boiadas pelo interior dos estados brasileiros e foram os responsáveis pela fundação de várias cidades e vilarejos) é o objetivo do Concurso da Queima do Alho, uma das principais e mais concorridas atrações da Festa do Peão de Barretos.
O concurso elege a comitiva que faz a comida que mais fielmente traz o sabor desta culinária típica do sertanejo.
Neste ano, o concurso acontece no dia 30 de agosto.
Dezesseis comitivas vão participar da disputa no Rancho Ponto de Pouso. Os pratos, que também precisam ser preparados à moda antiga, são provados por convidados devidamente habilitados, como explica o coordenador do concurso João Paulo Martins.
“Além do tempero e dos ingredientes, o essencial no concurso da Queima do Alho e no próprio feitio dos pratos é se manter o mais fiel possível às antigas comitivas”, explica João Paulo Martins:
“As comitivas precisam estar dentro do contexto, a “traia” tem que ser adequada e a exigência é que o comissário (cozinheiro) tenha experiência de pelo estradão por no mínimo 50 anos”, afirma João Paulo Martins.
O prato é composto de arroz carreteiro, feijão tropeiro, paçoca de carne e churrasco, feito com fogão improvisado. O Concurso é exclusivo para convidados.

BERRANTE

Paralelo ao concurso da Queima do Alho, acontece dia 30, a partir das 10 horas, acontece a competição de Berrante, instrumento utilizado pelos peões de boiadeiro para conduzir o gado.
Feito de chifre de boi e detalhes em couro, cada toque tem um significado que norteia os peões: a hora do almoço, o toque de recolher, o toque de perigo etc.
Neste concurso os berranteiros precisam reproduzir fielmente os toques entoados no “estradão” de antigamente.
O concurso é coordenado por Armando Garcia.

Movimento Country no Spotify
Movimento Country no Deezer

Publicidade