Início » Ted Wade Flora leva o público ao delírio e vence o rodeio de Rio Verde
Eugênio José Rodeios

Ted Wade Flora leva o público ao delírio e vence o rodeio de Rio Verde



Chegou ao fim mais uma edição do Rodeio de Rio Verde, Goiás. Os rio-verdenses levaram o público a loucura, deixando todos os títulos em Rio Verde

BASTIDORES

A rotina no domingo em Rio Verde é sempre a mesma, todos os profissionais se direcionam a arena por volta das 19:00h. Nesse horário já está acontecendo as finais de mini touro e rodeio em carneiros.

Dentro do parque a movimentação é grande as pessoas, jovens, adultos, crianças, homens, mulheres, todos caminham, com pressa para as arquibancadas que, em um espaço curto, vai lotando e logo está tomada.

No fundo dos bretes, o clima é de final, menos gente, afinal só quinze dos quarenta e um competidores conseguiram chegar a semifinal.

Logo as montarias vão acontecendo e a semifinal termina, sem muitas mudanças, o ‘prata da casa’, Ted Wade Flora, lidera, o campeão de 2016, Ederson de Oliveira chega a final na vice liderança.

Chegou a hora do sorteio e Ted Flora pega seu touro, Fim do Mapa, da Cia Juliano Domingos, vem para o fundo dos bretes em busca de informação do animal com os amigos competidores, Ederson de Oliveira, faz a mesma coisa, ambos não conheciam os animais.

O sorteio continua, encontro Tercio Miranda ali no fundo e pergunto: Tropeiro também fica ansioso? Ele responde: Claro, na semifinal eu estava tremendo, agora então estou agoniado!

Antes da final o diretor de rodeio Lauro Dias entra pessoalmente na arena para supervisionar o trabalho de nivelamento de areia.

LAURO DIAS

Todos nós sabemos que, Lauro não pode contar com a presença dos competidores de renome internacional os brasileiros que montam nos EUA, em razão deles, competidores terem compromissos profissionais.

Lauro, com apoio de Enrique Moraes, e vários outros profissionais, fez um trabalho de garimpo, buscando novos nomes, no Mato Grosso, em especial no estado de Goiás.

E o resultado do trabalho, foi cinco goianos na disputa final sendo que quatro terminaram entre os cinco primeiros, todos os cinco competidores terminaram a competição invictos.

Mais uma vez, o diretor de rodeio Lauro Dias, soube administrar o rodeio, com muito afinco e profissionalismo, não deixando o nível do rodeio cair.

LUCIANO GUIMARÃES

Na tarde de domingo, entreguei um presente ao presidente do Sindicato Rural de Rio Verde, Luciano Guimarães, uma fivela Eugênio José, personalizada pela Sumetal Fivelas, e disse a Luciano que este presente não era do profissional contratado Eugênio José, e sim de um fã de rodeio, para um presidente que junto com sua diretoria e com o diretor de rodeio Lauro Dias, mantém acesa a chama do: ‘É possível fazer rodeio, só com rodeio’.

E a reposta foi: “Vamos continuar, show só fora da arena, vamos continuar a valorizar o rodeio, e defender o título de melhor rodeio em touros do Brasil. Na semana do rodeio, só rodeio” Afirmou Luciano.

DE VOLTA A DISPUTA FINAL

Hora de sabermos quem seria o campeão, e levaria para casa CINQUENTA MIL REAIS,  e eu ali, do lado de fora da arena em um espaço entre arena e camarote, todos os dias trabalhei ao lado de Marcio Munhoz.

A final foi acontecendo e o público vibrando com tudo e com todos, principalmente com os goianos.

Veio a montaria de Ederson de Oliveira e, mesmo sendo o cara que podia roubar o título do ‘prata da casa’, o público apaixonado rodeio vibrou com a montaria de Ederson.

Marcio virou para mim e disse: Será que ele vai repetir e dose? Ganhar de novo?

Eu respondi: pode até ser, mas acho que agora essa arquibancada vem abaixo, e eu vou torcer pela emoção, tomara que o Ted ganhe, esse público merece isso.

E quando a porteira abriu, a vibração do público, foi algo tão barulhento que não consigo explicar, só que estava lá ao vivo para experimentar isso, agradeço a Deus por estar lá, foi algo incrível.

QUASE FICOU DE FORA

Em entrevista após o título Ted Wade Flora, confessou que quase não montou em Rio Verde, que os médicos disseram que ele não conseguiria montar.

– Eu rompi os ligamentos do joelho em Santa Helena, desde então não montei mais, fiz tratamento para pode montar aqui – Disse o campeão

Além desta contusão Ted ainda cortou o supercilio no sábado, após levar uma chifrada no capacete, mas ele conseguiu superar o trauma de nunca montar bem em Rio Verde.

– Eu nunca fui bem aqui, nunca nem entrei na final e graças a Deus consegui o título. Agora vou ficar parado e investir um pouco do dinheiro no meu joelho – Finalizou

CLASSIFICAÇÃO FINAL

1 – Ted Wade Flora, Rio Verde (GO) – 445,25

2 – Ederson de Oliveira, Ilha Solteira (SP) – 441,50

3 – Caic Cassio, Três Ranchos (GO) – 438,50

4 – Kayke Ferreira, Cachoeira Alta (GO) – 435,00

5 – Jerisson Assis, Serranópolis (GO) – 412,75

Melhor Boiada: Tercio Miranda 44,58 pontos

Melhor Touro: Nortão Cia Tercio Miranda 46,25 pontos

Maior Nota: Touro Rei da Safra Tercio Miranda 92,00 pontos

Melhor Touro Super Combate ABTR: Rei da Safra Tercio Miranda 46,75

MAIS TÍTULOS PARA RIO VERDE

A tradicional prova dos Três Tambores fez a sua final no domingo e o público foi ao delírio também com as competidoras, pois tanto na categoria mirim como na categoria feminina as campeãs foram de rio Verde. Parabéns a Renata Ferguson e demais organizadores da prova.

Classificação final mirim

1 – Tarcila Ferguson, Rio Verde (GO)

2 – Ana Claudia Vieira, Rio Verde (GO)

3 – Mario Fernanda Castro, Rio Verde (GO)

Classificação final Feminino

1 – Letícia Pessim, Rio Verde (GO)

2 – Ashley Carter, Brasília (DF)

3 – Maria Alice Rizzi, Rio Verde (GO)

4 – Bethania de Oliveira, Brasília (DF)

5 – Mayra Prata, Brasília (DF)

CONCLUINDO

Rio Verde, como diz a frase de Siderley Clein “Você veio e se emocionou”. Realmente foi emocionante tudo o que aconteceu na arena, muito mais que emocionante foi, profissional.

A diretoria do Sindicato Rural, empenhada. Eles viajam muito, na próxima semana vão até Ariquemes, querem conhecer, inovar, buscar novidades, eles têm o melhor rodeio em touros, mas tem também, um público exigente.

Acho que não há muito o que falar sobre o trabalho voltado ao rodeio, e sim aplaudir, uma premiação de 50 mil reais ao campeão, 130 mil reais em prêmios, os melhores profissionais, os melhore animais, competidores, estrutura incrível e inédita com cadeiras em todas a arquibancada, enfim um show de rodeio. Parabéns Rio Verde, Presidente Luciano e Diretor de Rodeio Lauro Dias. Foi mais uma vez um show de rodeio.

Andryws Ribas

Comente

Poste seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BARRETOS 2017

Publicidade