Rodeio Internacional agita a arena de Barretos

0
60

Com muita competição e adrenalina, começou nesta quinta-feira (26), o 18º. Barretos International Rodeo, principal disputa da Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos. Na arena quase 200 competidores disputam o título de campeão e a premiação milionária do maior rodeio da América Latina.



A primeira prova do dia foi a disputa das meninas dos Três Tambores, que esbanjaram charme e habilidade. A amazona de São Paulo, Santa Sales, saiu na frente e contornou os três tambores no menor tempo da noite, 18,530 segundos. Vale ressaltar que 169 competidoras se inscreveram para esta prova e apenas dez foram classificadas para disputarem o título de campeã de 2010.

O Team Penning também teve recorde de inscrições e, assim como a prova de Três Tambores, são realizadas classificatórias durante o dia e apenas dez trios seguem na disputa do título. Nesta primeira noite do rodeio internacional, o menor tempo foi conquistado pelo trio de Bebedouro e Monte Azul Paulista – formado por Vitor Barcellos Pimentel, Rodolfo Cássio Marchi Nascimento e Felício Veronez Neto – que separou os três bezerros no tempo de 21,240 segundos.

Na prova de Bulldog, também marcada pelo cronômetro, vence o competidor que conseguir derrubar o bezerro no menor tempo possível. Nesta primeira noite, Antônio Francisco Costa Ton, de Paulistania (SP), completou a prova em 4,82 segundos.

Com a mesma adrenalina, os peões da modalidade Cutiano (montaria em cavalo) enfrentaram pulos e sacolejos na arena. Só que nesta competição, assim como na montaria em touros, é contabilizada a maior nota, que só é válida se o atleta permanecer os oito segundos no lombo do animal, sendo avaliados tanto o peão como o animal.

Neste estilo de montaria, a maior nota da noite foi conquistada pelo competidor Marco Antônio da Silva, o \”Piu\”, de Palestina (SP), que montou o animal Corumbá, do tropeiro Adalto Mazzo, e deu show na arena. Os juizes gostaram da apresentação que foi quase perfeita, mostrando sincronia, segurança e muito equilíbrio. Ele obteve 93 dos possíveis 100 pontos. Piu é bicampeão de Barretos, já ganhou oito carros, 23 motos e mais de R$ 500 mil em dinheiro.

Já na montaria em touros, a competição foi mais do que acirrada. Atletas do Brasil, França, Estados Unidos e Itália disputam a premiação de 100 mil dólares, troféu, fivela de ouro com diamantes e, o mais importante, cravar o nome na galeria dos campeões de Barretos.

Emerson Martins de Brito, da cidade de Inocência (MS), montou no touro Juízo Final do boiadeiro Ricardo Gataz e conquistou 89,5 pontos – a maior nota da noite e da 55ª Festa do Peão de Barretos até então. Este é o quarto ano que ele participa de competições em Barretos e, em 1997, foi um dos finalistas.

Na segunda posição ficou o peão de Floreal (SP), Tiago Diogo de Faria, com 87,5 pontos, seguido pelos 87 pontos empatados dos competidores Edvaldo Ferreira, de Andradina (SP), Enéias Barbosa Alves, de Sales (SP), e Claudeny dos Santos, de Brotas (SP).
As competições do Barretos International Rodeo se estendem até o próximo domingo, 29 de agosto. Amanhã começam as provas de Sela Americana e Bareback (que fazem parte do rodeio internacional) e o Mundialito de Três Tambores.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here