Sem categoria

Política atrapalha calendário do rodeio.

Infelizmente o rodeio brasileiro em quase sua totalidade depende muito da Prefeitura Municipal de cada cidade. Toda organização está ligada de forma direta ou indireta à prefeitura, por isso, o presidente de cada festa é nomeado pelo prefeito por tratar-se de um cargo de confiança. Estão fora deste contexto cidades onde o rodeio é realizado por Sindicatos Rurais e empresas particulares, mas a maioria é mesmo por prefeituras.

 

Como este ano estão assumindo novos prefeitos, a maioria das cidades ainda não sabe quem são ou serão os novos presidentes de festas, por isso, não há uma previsão certa das etapas dos grandes circuitos de rodeios, entre eles Circuito Top Team, Circuito Barretos de Rodeio – LNR, PBR Brasil e outros.

Por conta disso, as cidades onde já contam com uma comissão organizada sofrem com a desorganização alheia. Muitas já entram em contato com profissionais do meio para realizarem as contratações necessárias, mas vêem dificuldades de respostas por parte dos mesmos, pois estão dependendo dos grandes circuitos que ainda não fecharam o calendário por causa das cidades ainda sem comissões. E, é neste gira mundo, que o rodeio não se organiza e continua parado.

About the author

Hedmilton Rodrigues

Sócio Fundador do portal Movimento Country, no ar desde 19 de setembro de 1999.

Add Comment

Click here to post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *