Peão de Palestina vence montaria estilo cutiano em Barretos

0
130

No Cutiano, estilo de montarias em cavalos que começou no Brasil, aqui mesmo na arena de Barretos, em 1956, o competidor de Palestina (SP), Marco Antônio Silva, terminou a noite de domingo com a soma de 266,50 pontos, montando o animal Panther, da Companhia Vale da Piedade.



Conhecido como \”Pio\” no mundo dos rodeios, o campeão de 2010 acumula as conquistas em Barretos também nos anos de 1998 e 2007. \”Estou emocionado por ganhar em Barretos e quero ganhar outros títulos na capital mundial do rodeio\”, afirmou. Só neste ano, o atleta já ganhou provas em Americana, em São José do Rio Preto, Bálsamo e, agora, Barretos. Pio tem no currículo 89 vitórias em rodeios e acumula prêmios como oito carros, 23 motos e cerca de R$ 300 mil em dinheiro.

Na segunda posição, com uma montaria excepcional que lhe rendeu a maior nota da noite, 90,25, ficou o competidor Antônio Juscelino Costa, de Tietê (SP), que montou o animal Riacho Doce da Companhia WR. Na somatória, Costa ficou com 264,25 pontos.
Já em terceiro lugar ficou o peão Marcelo Araújo Amorim, de Colina (SP), que somou 260,75 pontos montando o cavalo Desatino, da Companhia Michel & Luciano.

O campeão de Cutiano do 18º Barretos International Rodeo, além do nome na galeria dos campeões do maior rodeio da América Latina, leva para casa a quantia de R$ 30 mil. Já o dono do melhor animal leva R$ 20 mil.
O estilo de montar rústico, praticado unicamente no Brasil, caracteriza-se pela falta de apoio do peão, pois apenas duas cordas são amarradas à peiteira do cavalo para que o peão possa segurar.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here