Peão brasileiro é campeão em sela americana

Disputando com cinco finalistas, dentre eles dois peões estrangeiros, o peão brasileiro Leandro Baldissera levou o título do 15o. Barretos International Rodeo em sela americana. Baldissera recebeu como prêmio R$ 4 mil, montando o animal Canadá, da tropa W.R.

Leandro Baldissera, de Capão Bonito, estado de São Paulo é campeão em Barretos pela segunda vez no estilo sela americana. O competidor monta profissionalmente há nove anos na modalidade, tendo conquistado vários prêmios, inclusive nos Estados Unidos.
Com a alegria estampada no rosto, Baldissera declara: “Aqui no Brasil, você pode ganhar qualquer rodeio várias vezes, mas o importante mesmo é ganhar em Barretos”.

A modalidade
Criada em 1.929, é a prova mais antiga do rodeio. Nela o atleta segura o cabresto a um cabo feito de corda de sisal. O cavalo é arriado com sela sem o pito e sem baixeiro, ou seja, a capa feita em tecido grosso, colocada entre a sela e o lombo do animal. A prova tem a duração de oito segundos.

O peão segura com a mão de apoio numa corda de 1,20m aproximadamente. A mão de equilíbrio não pode tocar em nada. Já no primeiro pulo do animal, o peão esporeia entre a paleta e o pescoço do cavalo.
No segundo, ele puxa as esporas da barriga até as nádegas do animal em direção ao arco traseiro da sela. Quanto maior a angulação, maior será a nota. Os punhos das mangas da camisa são abotoados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *