Início » Morre touro que deu campeão no Jubileu de Ouro de Barretos
Sem categoria

Morre touro que deu campeão no Jubileu de Ouro de Barretos



Morreu no último dia 22/06/2010 o touro “Amargedon” da Cia de Rodeio João Ribas. Amargedon ficou conhecido quando deu campeão para o Francisco Felix “Cisquinho” de São José do Rio Preto em Barretos em 2005, na ocasião Barretos completava 50 anos (Jubileu de Ouro).

 

Amargedon morreu aos 20 anos de idade e 15 de rodeio. Foi um dos touros que mais premiou no rodeio brasileiro (algo em torno de 800 mil reais), uma vez que, pela sua qualidade sempre estava nas finais dos rodeios e quando os competidores o montavam e suportassem os oito segundos conseqüentemente conquistavam o título de campeão. De propriedade da Cia João Ribas da cidade de promissão, o touro entrou na companhia no ano de 2003 e em 2004 já tomou o posto de touro mais importante da Cia. O touro foi adquirido da Cia Marca 70. Pesava cerca de 900 kg. Nasce no ano de 1990. O touro viveu na fazenda Rio Dourado em Promissão e morreu no mesmo pasto que foi reservado para ele no seu auge de pulos.

Além de dar o título de campeão no Jubileu de Ouro em Barretos, também campeão deu campeão em Americana, Novo Horizonte, Rio Verde, Getulina (4X), Lins, Fernandópolis, Avanhandava, Mendonça, Arco Iris. Alto Alegre, Herculândia, Tupã, Potirendaba, São José do Rio Preto, Penápolis, Barboza, entre tantos outros. Em 2008 participou de um desafio em Getulina com o antigo competidor e tropeiro de touros: Valdomirinho.

“Estou muito triste por ter perdido um touro que eu tinha um afeto especial, um dos melhores touros do rodeio brasileiro. Mas, agora ele terá o descanso merecido, reservei para ele nos últimos dias de vida melhor pasto antes de ele falecer” Explica emocionado João Ribas Neto Proprietário do touro.

“Fiquei muito chateado quando soube que o touro Amargedon havia morrido, ele faz parte da minha historia, da minha vida, ele me deu o titulo mais importante da minha carreira, o de campeão de Barretos. Mais fiquei contente por saber que ele morreu tranqüilo no pasto. Em 2007 eu o trouxe para Rio Preto para o hospital veterinário e ali foram tirados alguns sêmens dele. Hoje tenho nove fêmeas e dois machos filhos do Amargedon em parceria com o Joãozinho Ribas”. Explicou Francisco Félix.

Hedmilton Rodrigues

Radialista com 19 anos de experiência com passagens pela Rádio Transamérica FM e Rádio Cidade FM (SP). Editor sobre música sertaneja com passagens pelos portais POP, Oi e R7.

Comente

Poste seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BARRETOS 2017

Publicidade