Sem categoria

Juiz manda prender suspeito de matar peão

Tricampeão em Barretos, Virgílio Gonçalves morreu no domingo (14) em Catanduva.
Polícia foi à casa do suspeito em busca da arma do crime.

A Justiça de Novo Horizonte, a 429 km de São Paulo, decretou na terça-feira (17) a prisão temporária do homem suspeito de matar peão de rodeio Virgílio Gonçalves, tricampeão de Barretos. \”Agora é uma questão de horas. Quando ele for preso, vamos ficar com ele por dois meses, o que dá tempo para concluir o inquérito”, disse o delegado Luiz Fernando Ribeiro.

O crime ocorreu na quinta-feira (11). O homem suspeito disparou contra o braço e a cabeça de Virgílio quando a vítima se preparava para participar de uma prova de rodeio. Virgílio morreu no domingo (14) em Catanduva e foi enterrado na segunda-feira (15) , em São José do Rio Preto.

O delegado Luiz Fernando Ribeiro, titular de Novo Horizonte, disse que as cinco testemunhas ouvidas até agora apontam para o mesmo assassino.

O motivo do assassinato seria uma antiga rixa entre os dois peões. Em 2001, Virgílio teria influenciado a organização de um rodeio para impedir a participação do acusado de assassinato.

Na terça-feira, a polícia fez buscas na casa do suspeito para tentar encontrar armas. O homem ainda não foi localizado.

O delegado afirma que o homem procurado pela polícia já foi alvo de um inquérito em Itapeva, a 284 km de São Paulo, em 2001. A polícia investiga também a participação do mesmo homem na morte de um policial no Paraná. 

About the author

Hedmilton Rodrigues

Sócio Fundador do portal Movimento Country, no ar desde 19 de setembro de 1999.

Add Comment

Click here to post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *