Sem categoria

Jads e Jadson cantam para 50 mil durante gravação do DVD

\"Jads

Não foi nada do outro mundo, mas a gravação do DVD de Jads e Jadson teve produção à altura da fase de sucesso da dupla.

O público, cerca de 50 mil pessoas, na estimativa da Policia Militar, aguentou firme e animado mais de 2 horas de gravações na abertura do Arraial de Santo Antônio, na Praça do Papa.

A maioria não perdeu o pique, apesar das repetições de algumas músicas por até 3 vezes, para garantir imagens perfeitas. Para muitos, o tempo dedicado foi bem maior. Teve gente que chegou antes da abertura dos portões e garantiu lugar privilegiado na frente.

Com imagens aéreas e iluminação poderosa, vinda da Alemanha, a apresentação começou ao som do último sucesso, “Ressentimento”. O show seguiu com inéditas e algumas declarações de amor à música na introdução de clássicos, como de Tião Carreiro. “Abaixo de Deus, é a viola que sustenta nossa vida”

Das canções ainda desconhecidas, duas foram gravadas ao lado dos convidados especiais da noite, Michel Teló e a dupla Victor e Léo.

O primeiro a surgir no palco na noite desta quinta-feira foi Teló. Dos amigos Jads e Jadson, ele recebeu uma agradecimento público, pelo incentivo à carreira. Hoje, a dupla é do escritório de Michel. “Agradecemos á família Teló, que nos acompanha desde a gravação do primeiro DVD”, comentou Jadson.

 

Na última parte do show, Victor e Léo subiram para cantar com os donos da festa outra também inédita, que segundo Jadson, foi retirada do repertório dos mineiros para ser um presente aos paranaenses que começara a carreira há 11 anos em Ponta Porã.

“Apesar do pouco contado no cotidiano, temos uma sintonia divina com eles”, disse Jads. Como retribuição, receberam elogios, pela “originalidade e talento”.

Até pagode entrou no repertório da noite, com explicações de Jadson para quem achou estranho. “Hoje somos mais modernos, mas não vamos esquecer nunca as raízes.”

Movimento Country no Spotify
Movimento Country no Deezer

Publicidade