Expoagro e Guaxupé Rodeo Festival movimentam o turismo e comércio de toda região

0
45

As duas primeiras semanas do mês de julho – período em que tradicionalmente acontece a Expoagro e o Guaxupé Rodeo Festival – tem um significado especial para todo grupo hoteleiro e comércio em geral da cidade mineira de Guaxupé. Devido à grande participação no evento, o movimento em toda região é muito grande.

 

De 3 a 12 de julho a capital mineira do rodeio estará sediando a Expoagro e Guaxupé Rodeo Festival 2009. Pela ampla divulgação feita e reconhecimento nacional do evento, a cidade e toda região tem sua população praticamente duplicada no período. Os reflexos econômicos que a Expoagro proporciona giram em torno de R$ 3 milhões, contando o período que antecede e que a exposição acontece. Para a presidente da Associação Comercial de Guaxupé, Márcia Cristina da Silva, a Expoagro é como se fosse um Natal para os comerciantes da cidade. Os hotéis tem lotação total com bastante antecedência e fila de espera para desistências. Isto faz com que a procura por outras cidades próximas seja a saída para visitantes do evento.“A Expoagro representa um grande acontecimento para a área de turismo de nossa cidade e de toda região. Não somente os hotéis, mas restaurantes e o comércio em geral se beneficiam com o evento, pois o público acaba consumido muito por aqui. Sem dizer que a Exposição traz pessoas vindas do Brasil inteiro para conhecer nossa cidade. Muitos deles voltam em outras épocas do ano, porque gostaram na nossa receptividade e do clima de Guaxupé. Já tivemos bastante casos assim registrado em nosso hotel, de pessoas do Paraná e principalmente de São Paulo que voltam para cá, por causa de segurança e o ambiente amigo que temos aqui”, conta Seila Maria de Paula, gerente do Hotel Marambaia.A procura por reservas em hotéis de Guaxupé, muitas vezes acontece já com um ano de antecedência. “Nem bem acaba a feira e eles já deixam as reservas feitas para o próximo ano. No mês de dezembro já estamos com tudo reservado, além de uma fila de espera com mais de 30 pessoas aguardando desistências. Durante a Expoagro temos 100% de lotação e sabemos que num raio de 50 km de Guaxupé, todas as cidades tem grande movimento para atender a demanda de hospedagem”, continuou Seila.Apesar de ter assumido há pouco tempo a Acip – Associação Comercial de Guaxupé – Márcia Cristina da Silva afirma que tem comércio há 32 anos na cidade e pode falar por experiência própria sobre a influência do evento no consumo local. “Para nós, é muito bom a Expoagro, pois atendemos muita gente e o comércio em geral já se prepara para o período, como se preparasse para o Natal. Ainda não temos um estudo exato de quanto é a ampliação de nosso movimento, mas sei que toda cidade fica cheia e, em conseqüência, lojas, restaurantes e o comércio em geral também ficam”. Atrações turísticas da cidade Os visitantes da Expoagro e Guaxupé Rodeo Festival podem aproveitar o período também para conhecer alguns pontos turísticos da cidade:- Catedral de Nossa Senhora das Dores – considerada uma das igrejas mais bonitas de toda região. Localizada na parte central da cidade, a igreja foi construída em 1839. A decoração e as imagens sacras dão maior beleza ao seu interior. No subsolo da Catedral encontra-se a Cripta, local onde foi sepultado o Frei D. Inácio Del Monteque, Bispo da cidade.- Fazenda Nova Floresta – a beleza da Fazenda Nova Floresta é toda obra da mãe natureza. Perfeita para a prática de passeios ecológicos e esportes radicais, a Fazenda oferece aos seus visitantes Pousada e Restaurante.- Fórum da Comarca de Guaxupé – um dos principais cartões postais da cidade, o prédio foi construído na década de 1920 em estilo neoclássico. A beleza do local é completada pelos coqueiros de altura em torno da construção.- Prefeitura Municipal de Guaxupé – o prédio construído na década de 20 para abrigar as instalações do Banco do Brasil, atualmente abriga a sede da Prefeitura Municipal de Guaxupé. Uma das mais bonitas construções da cidade, foi edificado em estilo romano lembrando o período renascentista.- Casarões – em diversos pontos da cidade encontram-se belíssimas construções do início do século XX, em sua maioria tombados pelo patrimônio histórico.