Daniel homenageia João Paulo após 19 anos da sua morte

0

Daniel usou sua página no Instagram, na tarde desta segunda-feira (12/9), para prestar uma singela homenagem ao parceiro João Paulo, morto há 19 anos.

Publicidade

Na rede social, o sertanejo postou um foto em que aparece ao lado do companheiro, e escreveu: “Mais um ano sem você! Você faz muita falta! Saudade, amigo!”.

O post rendeu mais de uma centena de comentários em poucos minutos, incluindo “Vocês eram incríveis juntos”, “Todo ano é difícil imaginar você sofrendo assim”, “Vocês fazem parte da melhor infância” e “Eternas saudades do João Paulo”.

João Paulo e Daniel formavam uma das duplas de maior sucesso nos anos 90. Tá Faltando Amor, Estou Apaixonado, Porque Fui te Amar Assim e Fazenda São Francisco são algumas das músicas mais famosas.

19 anos sem João Paulo

José Henrique dos Reis nasceu em Brotas (SP), em 28 de julho de 1960, mas se tornou conhecido do grande público como João Paulo, parceiro de Daniel.

Em busca do sucesso em uma época totalmente diferente da atual, em um segmento que ainda sofria muitos preconceitos, eles formaram a dupla em 1980. Antes, João Paulo formava com o irmão Francisco a dupla Neri & Nerinho e Daniel cantava em rodas de viola e festivais na região de Brotas, desde menino.

De rivais nas apresentações que faziam em circos, praças e festivais, passaram a formar uma dupla, com o objetivo de gravar um disco, o que aconteceu com ajuda de amigos, pela gravadora Continental Chanceler.

Durante a carreira, foram nove álbuns gravados, o primeiro em 1985, com o título de “Amor, Sempre Amor”, conseguido com muito suor.

O último teria o título de “Amigo é Coisa pra se Guardar” e foi lançado após a morte do cantor.

Fatalidade

Em 12 de setembro de 1997, no momento em que a dupla se consagrava em todo o Brasil, veio a fatalidade. No retorno de um show na cidade de São Caetano do Sul, a caminho de Brotas, o veículo dirigido pelo cantor capotou e preso nas ferragens, João Paulo não conseguiu sair do automóvel, que estava em chamas.

O enterro comoveu o país inteiro e foi acompanhado por milhões de pessoas. No cemitério de Brotas, milhares de pessoas também compareceram, prestando uma última homenagem. Entre os presentes, Chitãozinho e Xororó, Leandro e Leonardo e Cezar e Paulinho, entre outros famosos.

Hoje, Daniel segue carreira solo, mas em todos os momentos reverencia o parceiro, a quem chama de “irmão”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here