Início » Cristiano Araújo
Sem categoria

Cristiano Araújo

Conheça a trajetória do cantor sertanejo Cristiano Araújo.

Cristiano Melo Araújo, nasceu em Goiânia, no dia 24 de janeiro de 1986, foi cantor, instrumentista e compositor. Tornou-se conhecido pela sua voz poderosa e por alguns singles que foram bastante veiculados nas rádios como “Efeitos” (2011), “Você Mudou” (2012), “Maus Bocados” (2013), “Cê Que Sabe” (2014), “Hoje Eu Tô Terrível” (2015), entre outros.

Nascido no município de Goiânia, capital do estado de Goiás, Cristiano de Melo Araújo teve desde criança a influência da música sertaneja. Cantor por natureza, pois a música está no sangue,uma voz muito grave, vindo de família, desde seus bisavós, avós, pais e tios que sempre estiveram no meio da música, uma tradição que já dura quatro gerações. Logo aos três anos, já mostrava sua aptidão na musica, que fez com que seu pai percebesse que Cristiano teria um futuro artístico, pois mesmo sem falar direito, já era afinado, e conseguia cantar no compasso da melodia.

Aos 6 anos de idade, ganhou dos seus pais, João Reis de Araújo e Zenaide Melo Araújo, seu primeiro violão, no qual fez seus primeiros acordes, e aos 9 anos, começou a fazer apresentações em público, participando de festivais, apresentando-se em festas e comemorações. Começou a compor muito cedo, e aos 10 anos fez sua primeira composição, daí em diante, foi-se aperfeiçoando a cada dia escrevendo músicas, e assim passou a ser procurado por artistas interessados em suas composições. Aos 13 anos, gravou seu primeiro CD com 5 músicas para participar do Festival do Faustão, onde ficou entre os 6 melhores da região centro-oeste, ganhando o direito de gravar uma faixa no CD Jovens Talentos. Isso tudo fez com que as portas se abrissem para uma carreira promissora, fazendo shows em campanhas políticas, se apresentando em programas de televisão e participando de grandes eventos. Continuou com sua carreira solo até os 17 anos, quando resolveu cantar em duplas; nesse período, que durou aproximadamente 6 anos, gravou alguns trabalhos em vídeos e CDs, não conseguindo o êxito esperado, mas amadurecendo como artista a cada dia.

Na madrugada do dia 24 de junho de 2015, Cristiano Araújo e sua namorada Allana Moraes, de 19 anos, voltavam de um show em Itumbiara, quando o carro em que estavam, na BR-153, saiu da pista e capotou. O acidente envolveu mais duas pessoas, o motorista Ronaldo Miranda e o empresário Vitor Leonardo. Allana faleceu no local do acidente, enquanto Cristiano e os outros dois foram levados ao Hospital Municipal de Morrinhos. Devido à gravidade, o cantor teve que ser transferido ao Hospital de Urgências de Goiânia. No entanto, durante a transferência de helicóptero, o cantor teve uma hemorragia interna na região do abdômen e veio a falecer, sua morte teve uma grande comoção nacional.

Ao que tudo indica, eles estavam sem o cinto de segurança no banco de trás do carro, o que fez com que fossem arremessados do carro no momento do choque. As pessoas que estavam nos bancos da frente tiveram somente ferimentos leves. O velório aconteceu às 17 horas, sendo aberto aos parentes e amigos até às 19 horas, quando foi aberto ao público. O corpo do cantor e da namorada foram sepultados no Cemitério Jardim das Palmeiras, em Goiânia, no dia 25 de junho de 2015.

Após a sua morte, foram divulgadas duas músicas inéditas na internet (porém não lançadas oficialmente pela Som Livre). Uma foi “Balada Prime” (regravação de Calcinha Preta), que seria o próximo single do cantor, a qual ele apresentou em seu último show em Itumbiara. Era a principal aposta entre as músicas que Cristiano Araújo tinha prontas e não lançadas antes de morrer, e seria lançada oficialmente pela gravadora no dia 29 de junho e o clipe seria trabalhado em julho. A outra foi “Mais Uma Vez“. Dois meses antes de sua morte, um dos diretores do Hospital de Câncer de Barretos, interior de São Paulo, sugeriu ao cantor Cristiano Araújo que gravasse uma música usando apenas o piano para destacar sua voz, e Cristiano aceitou a sugestão. No dia seguinte, mandou a música para o amigo em uma mensagem de celular.

No dia 26 de junho de 2016, a Rede Globo divulga no Fantástico outras duas das 15 canções inéditas gravadas pelo cantor antes do acidente, as canções são “Vai Doer” e “As Lágrimas Vão Te Afogar” (essa última a maioria dos fãs já haviam ouvido antes em versões voz e violão e forró). Uma biografia e outros materiais inéditos do cantor estão previstos para sair entre este ano e 2017.

Hedmilton Rodrigues

Radialista com 19 anos de experiência com passagens pela Rádio Transamérica FM e Rádio Cidade FM (SP). Editor sobre música sertaneja com passagens pelos portais POP, Oi e R7.

Comente

Poste seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BARRETOS 2017

Publicidade