Competidor Pedro Gomes de Aragão enfrentará a égua Malícia em um desafio em prol do Hospital de Câncer de Barretos

De um lado a égua mais temida e uma das mais valiosas do rodeio estilo cutiano no Brasil. De outro, um consagrado competidor. Entre eles uma causa nobre. O desafio entre a égua Malícia e o peão aposentado Pedro Gomes de Aragão será realizado durante a maior Festa do Peão da América Latina com renda destinada ao Hospital de Câncer de Barretos.

“Vencendo o animal ou o peão, o beneficiado será o Hospital de Câncer de Barretos”, explica o diretor de rodeio de Os Independentes, entidade que promove a Festa do Peão, Cacá Santos. De acordo com o diretor de rodeio, a iniciativa tem a colaboração tanto de Os Independentes, como do proprietário do animal Juliano Verde e de Pedro Aragão. “Eles não vão cobrar nada para estar no desafio e acreditamos que a ação irá atrair a atenção de muitos empresários e profissionais ligados ao rodeio que vão fazer doações em nome de um dos desafiantes”, diz Cacá.

As doações já atingiram R$ 56 mil e, de acordo com Virgílio Gonçalves, responsável pela égua Malícia, irão ultrapassar R$ 100 mil. “Todos temos muito respeito a este Hospital e o desafio é uma forma de atrair a atenção a uma causa nobre e colaborar”, afirma Virgílio.

A égua Malícia é uma das mais bem avaliadas no rodeio brasileiro. De propriedade do tropeiro Juliano Verde, ela já derrubou grandes competidores. Já Pedro Gomes de Aragão é um dos mais respeitados competidores de rodeio em cavalo, estilo cutiano.

Com mais de 40 anos de rodeio, ele já foi tri-campeão em Barretos vencendo nos anos de 1975/76 e 81. Há cerca de 10 anos está aposentado das montarias, mas ainda participa dos rodeios como madrinheiro e laçador. “Estou ansioso pelo desafio porque vamos colaborar com o Hospital de Câncer e também oferecer um espetáculo emocionante aos presentes”, afirma Pedro Aragão.

O desafio está programado para acontecer no primeiro final de semana da Festa, que vai de 16 a 26 de agosto no Parque do Peão.

De acordo com Henrique Prata, diretor do Hospital de Câncer de Barretos, o rodeio sempre teve um lado muito forte de fomentar ações sociais. “A Fundação sempre foi beneficiada por ações vindas de festas de rodeio e já é tradicional a parceria de Os Independentes, sempre colaborando conosco”, explica Henrique Prata. O Hospital de Câncer de Barretos faz cerca de 1.200 atendimentos ambulatoriais por dia, atendendo pacientes vindos de diversas regiões do Brasil.

Ainda segundo Henrique Prata, o desafio, além de ter grande importância por colaborar com o hospital, ficará para a história do rodeio. “Será o competidor que foi o melhor de sua geração contra um animal que é, atualmente, o melhor o rodeio”, explica.

Os interessados em fazer doações em nome de um dos desafiantes devem entrar em contato com Os Independentes: 17 3321 0000.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here