Clássicos sertanejos viram country em CD de Eric Silver

0
161
Erick Silver
Erick Silver

Cantor, compositor, produtor e multi-instrumentista, o americano Eric Silver ama o Brasil, e revela que quem verdadeiramente conquistou seu coração foi a música sertaneja.

Disposto a gravar um disco com o melhor do gênero, ele ficou quase dois anos estudando sucessos daqui para transformá-los em versões country, com letras em inglês. No álbum \”Bridges, Friends & Brothers\” (pontes, amigos e irmãos, na tradução para o português), lançado agora, ele canta versões de \”Romaria\”, \”O Menino da Porteira\” e \”Um Violeiro Toca\”, entre outras canções. Silver foi criado em Nashville, a terra do country nos EUA. \”Lá, damos muito valor aos compositores. Músicas como ‘Tocando em Frente‘ falam de coisas profundas, e eu queria manter esse valor\”, diz o cantor. \”O engraçado é que conheço Almir Sater e Renato Teixeira há anos, mas só agora consegui estudar as músicas deles profundamente\”, avalia o músico, que compara Almir Sater a James Taylor. Para preservar o máximo das músicas, Silver não fez apenas versões, mas traduções literais. \”Eu gastei muito tempo só para traduzir as letras e aprender as suas melodias. Depois disso, tentei esquecer a versão original e pensar como eu comporia aquela canção\”, diz ele. \”As palavras berrante, sertão e Nossa Senhora Aparecida não existem em inglês, mas a música country e a sertaneja têm a mesma tradição. Ambas falam de cavalos, fé, tristeza e tragédia. Isso ajudou.\” Eric Silver conheceu Almir Sater nos EUA há mais de 30 anos. Logo, passou a tocar aqui e a fazer amizades com artistas brasileiros, como Sérgio Reis e a dupla Fernando e Sorocaba, até ter mais de cem composições gravadas, inclusive por nomes de estilos diferentes, como NXZero e Luiza Possi. Em seu país, gravou com Shania Twain e Donna Summer. \”Não planejei ficar tanto aqui, mas aconteceu. Tenho uma casa em cada país.\”

Músico quer levar ritmo para os EUA Viajar com um pouco da cultura brasileira para o exterior é uma das intenções do músico Eric Silver com disco \”Bidges, Friends and Brothers\”. \”Os americanos adoram o Brasil, mas só ligam o país ao samba e à bossa-nova. Eles não sabem que o sertanejo, um dos ritmos mais tocados aqui hoje, está relacionado ao nosso country\”, diz Eric Silver, que já mostrou as suas versões às rádios country de Nashville (EUA). \”Quero levar o Almir Sater para contar sua história lá e tocar os clássicos daqui nas rádios americanas\”, diz Silver, que é próximo de Renato Teixeira e Sater e produziu \”Ar\”, disco gravado pela dupla. No álbum do americano, os dois aparecem. \”É uma homenagem ao dia em que nos conhecemos\”, diz Silver. Sater toca violão em \”The Guitar Player Plays\” (\”Um Violeiro Toca\”) e Renato canta em \”Pilgrimage\” (\”Romaria\”).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here