Cantor sertanejo denuncia empresário por agressão

0
520

A agressão teria ocorrido na última quarta-feira (10), depois de uma discussão sobre valores que o cantor considerou “abusivos e excessivos” dos custos de um show que o artista realizou.

O cantor sertanejo Diêgo Maia, registrou boletim de ocorrência na 16ª Delegacia, no bairro da Pituba em Salvador (BA), denunciando ter sido agredido por seu empresário Anderson Miranda, em frente ao prédio onde reside, no Caminho das Árvores.

Diêgo disse que respondeu ao empresário que não iria assinar o novo contrato por não concordar com a divisão dos lucros entre ele.“ Ele voltou à minha casa com o irmão dele, Robson, e a esposa dele, Maísa Fernandes Leite, e me chamou para descer. Não concordei com o contrato, disse que queria revisar. De repente o irmão dele partiu pra cima de mim e meu empresário me pegou por trás. O soco pegou na minha orelha, rasgou toda”. Além disso, ele teria sido atingido por um pontapé que deixou marcas contou o cantor.

Diêgo contou ainda que “para minha sorte, meus vizinhos me acolheram, eles estavam pegando táxi, algo assim. Se não poderia ter sido muito pior”.

O cantor já fez exames de corpo de delito no Departamento de Polícia Técnica (DPT) e colheu imagens de câmeras de segurança da área para servirem de prova contra os agressores. Veja o vídeo que mostra a o momento da agressão: