Sem categoria

Adolescente que acusou Luciano Camargo de agressão perde processo

7ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo negou pedido de indenização proposto por um adolescente contra o cantor Luciano Camargo
\"Adolescente

A adolescente perde processo contra o cantor Luciano Camargo.

A 7ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo negou pedido de indenização proposto por um adolescente contra o cantor Luciano, da dupla sertaneja Zezé di Camargo e Luciano. O autor alegava que teria sofrido agressões por parte do artista em um shopping de Barueri.

De acordo com os autos, o cantor foi alvo de chacota de um grupo de adolescentes nas dependências do estabelecimento. Em seguida, quando estava na fila do cinema, os rapazes voltaram a importuná-lo. Ele foi ao encontro do grupo, que se dispersou, ficando no local apenas o jovem, que, segurado pelo braço, foi conduzido pelo músico até um segurança. O autor alegou que Luciano proferiu palavras de baixo calão e que a ação produziu escoriações em seu braço.

Zezé Di Camargo & Luciano no iTunes

No entanto, o relator Ramon Mateo Júnior destacou em seu voto que ninguém viu o cantor agredir o adolescente, nem mesmo causar-lhe constrangimento, mas que somente o conduziu à fiscalização do shopping. Lembrou também que o autor, apesar de sua altura (1,90 m), deixou-se levar pelo artista sem reagir, reconhecendo que a brincadeira havia extrapolado o limite da tolerância. \”Não configurada a prática de ilícito por parte do apelado, a improcedência da ação é medida que se impõe, de forma que a sentença é mantida em seus termos.\”

Os desembargadores Luis Mario Galbetti e Henrique Nelson Calandra também participaram do julgamento e acompanharam o voto do relator.

Movimento Country no Spotify
Movimento Country no Deezer

Publicidade