O maior site de música sertaneja do Brasil!

Paula Fernandes diz basta a cultura do estupro

0 2

Cantora se mostra indignada com o tamanho da violência que as mulheres sofrem todos os dias, por isso resolveu desabafar na internet.

Desde que o mundo se fez local para pessoas habitarem, percebemos esses mesmos se digladiando e se desrespeitando. Esse é o pensamento da cantora Paula Fernandes, que postou um vídeo em suas redes sociais onde repugnava a prática da violência sexual e psicológica, justamente porque independente da roupa, maquiagem ou esmalte vermelho, a mulher não está disponível em uma bandeja.

E para entender que as mulheres não devem, como há muito tempo eram tratadas, serem submissas aos caprichos do homem, é necessário ter a educação como foco central, assim como preza a cantora, que é enfática ao dizer que o respeito mútuo acontece quando as pessoas são educadas, e ainda lamenta o porquê, hoje, tudo está tão desvalorizado.

Realmente os valores parecem se inverter, o que não pode ser visto com naturalidade nas famílias e escolas do mundo todo, pois isso seria um retrocesso para o respeito com às mulheres e conquistas das mesmas, já que pelo simples de fato de terem saído da costela do homem, são menores aos olhos machistas.

Desta forma, é preciso, com urgência, compreender que quando uma mulher é violentada, essa é a bandeira que Paula Fernandes levanta, todas o são ao mesmo tempo. Por isso, a dona de músicas românticas, se mostra inconformada com o fato das pessoas acharem que essa não é uma causa de todos.
E esse todo inclui, também, os homens, que além de terem que entender que a mulher não é uma escrava de desejos e fetiches, muito menos prisioneira de si, precisam se engajar nessa causa, para que mulheres do mundo inteiro não sejam, dia a dia, alvo de piadas e pegadas.

A submissão talvez seja o maior dos estupros, e é lamentável que ainda exista, em pleno século 21, resquícios dessa ideia insana. Contudo, ainda temos voz para falar, e assim como Paula exaltou em seu vídeo, devemos dizer basta!

Um basta que abre espaço para a maior verdade: as mulheres mandam em seus corpos e devem se empoderar. Não porque querem ser melhores, mas porque não aceitam menos do que o respeito pelo que de fato são, seres humanos.

Comentários
Loading...